Ceproesc: 44 anos sendo referência na Lei da Aprendizagem

Promover inclusão produtiva dentro da perspectiva da Lei da Aprendizagem é o principal objetivo do CEPROESC

71

Atualmente com, aproximadamente, 300 jovens aprendizes no mercado de trabalho e parceria com mais de 80 empresas, o Centro de Promoção Educacional e Social na Comunidade – CEPROESC, que é considerado uma empresa social, oferece assistência para que adolescentes e jovens

sejam inseridos no mercado de trabalho e para que gestores implantem o Programa Jovem Aprendiz, trabalhando em todas as frentes do processo.

Neste ano, a celebração de aniversário vem recheada de inovações acentuadas com o contexto de pandemia. Uma delas é o sistema remoto de aprendizagem teórica, iniciado em junho e apresentou qualidade e satisfação acima do esperado. Outra novidade são as parcerias com instituições educacionais e de recursos humanos. Com a Faculdade

Anhanguera de Matão, o CEPROESC desenvolveu inúmeros cursos livres, liberados na plataforma youtube, sobre Gestão Empresarial, O Profissional do Futuro, Inteligência Emocional entre outros.

Parcerias

Em parceria com a UNIARA e Casa Cairbar Schutel, neste sábado (5) será lançada a campanha Não Custa Nada, que trata da importância de ações solidárias para a real transformação social. Outra parceria de sucesso está sendo desenvolvida com a Exitus Soluções em Recursos Humanos, onde a entidade encaminha aprendizes, que já terminaram seu contrato, para o processo de recolocação profissional.

Para a Gerente Administrativa, Gizela Gomides, as ações da entidade estão voltadas para adequar os adolescentes e jovens ao mundo corporativo. “Todo o planejamento do CEPROESC é voltado para o desenvolvimento social e profissional do aprendiz. Desde o momento que ele vem em nossa sede preencher o cadastro até a inserção em alguma empresa, damos assistência e o preparamos para a sua autonomia profissional. Nós apresentamos diretrizes dentro da inovação mercadológica para que nossos jovens tenham acesso aos conhecimentos e habilidades necessárias para a construção de um profissional de acordo com a demanda do mercado.”

O presidente do CEPROESC, Rodolfo Messali, ressalta a importância do programa para as empresas. “A Lei da Aprendizagem é muita clara e dá ao empresário a oportunidade de contribuir para a formação dos futuros

profissionais, além de oferecer ao adolescente ou jovem, que muitas vezes se encontra em situação de vulnerabilidade, a oportunidade do primeiro emprego.”

Metodologia

Um dos fundamentos da Lei de Aprendizagem é que a formação profissional acontece na teoria e prática, sendo assim, o Jovem Aprendiz é contratado e precisa cumprir carga horária na empresa, como aprendizagem prática e no CEPROESC, como aprendizagem teórica.

Dentro da proposta pedagógica da entidade está previsto o  desenvolvimento de aspectos centrais do indivíduo como: família, cidadania, trabalho e renda, cultura, educação, saúde, lazer, entre outros de base estrutural.

Neste contexto, durante a Aprendizagem Teórica, temos como principal meta desenvolver no aprendiz potencialidades e competências profissionais. O Corpo Docente da empresa é integrado com 10 profissionais que transmitem, em sala de aula, conhecimento dividido em disciplinas que integram todas as instâncias de uma corporação.

Lei da Aprendizagem – A Lei 10.097/2000 prevê que empresas de médio e grande porte devem contratar, de 5 a 15% do quadro de funcionários, jovens com idade entre 14 e 24 anos como aprendizes.

Entidade

A sede administrativa do CEPROESC fica na Rua Expedicionários do Brasil, 1630, Centro, Araraquara.

Informações pelo site www.ceproesc.com.br; facebook, instagran e youtube: @ceproesc ou pelo telefone (16) 3322- 5810 e whatsapp (16) 991162756.