Centro Especializado em Reabilitação recebe novos andadores adaptados

18

O Centro Especializado em Reabilitação “Dr. Eduardo Lauand” recebeu, na tarde desta quarta-feira (18), três novos andadores adaptados para uso de pacientes com deficiência que são atendidos no local e têm dificuldades de locomoção.

A entrega dos andadores, feita pela empresa araraquarense Reabilitech – Tecnologia em Reabilitação, integra a campanha Setembro Verde, que celebra a inclusão da pessoa com deficiência. Os equipamentos são dos tamanhos P, M e G e podem ser utilizados por crianças e adultos.

“Agradeço muito à empresa pela doação. São equipamentos especiais, diferenciados, e vão trazer melhorias ao trabalho desenvolvido aqui”, afirmou o vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, que representou o prefeito Edinho.

A secretária de Saúde, Eliana Honain, também agradeceu à empresa. “É muito importante essa solidariedade com o Centro de Reabilitação, que atende Araraquara e toda a nossa região. Um centro especializado nas deficiências físicas, mentais e auditivas. Agradeço muito pela parceria e pelo reconhecimento do trabalho”, disse.

O gerente de Reabilitação, Luiz Armando Garlippe, destacou a forma como os andadores serão utilizados. “Quem ganha com a doação é o paciente. No caso de utilizar uma cadeira de rodas em uma lesão aguda, uma lesão medular ou trauma encefálico, o paciente pode fazer um treino de marcha e tentar ficar de pé com um terapeuta ao lado orientando”, explicou.

Para Elisa Santos, assessora de Políticas para a Pessoa com Deficiência, essa é uma iniciativa muito importante para a sociedade. “Ela pode servir de exemplo para outros empresários. Os andadores proporcionam qualidade de vida para as pessoas com deficiência que frequentam aqui”, declarou Elisa.

Em nome da empresa, o diretor Renan Boteca agradeceu à Prefeitura. “Nós conhecemos o trabalho do Centro de Reabilitação. Somos uma empresa de Araraquara, temos esse projeto de doação em outras cidades e agora estamos doando aqui também”, concluiu.