Caminhão abandonado na Rua 12 vai inaugurar o novo Pátio da Prefeitura

Veículo estava estacionado em estado de abandono na região central de Araraquara há mais de uma década

447

Um caminhão Mercedes Benz que estava estacionado em estado de abandono há mais de uma década na Rua Imaculada Conceição (Rua 12), nas proximidades do cemitério São Bento, será o primeiro veículo a ser levado para o Pátio Municipal de Recolhimento inaugurado nesta terça-feira (21). Equipes da Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito acompanharam a remoção do caminhão, nesta manhã.

De acordo com o guarda municipal, Edson, o proprietário já foi notificado sobre a necessidade da retirada do veículo daquele local no ano passado, mas até agora o antigo caminhão continuava no mesmo local. Um vizinho relatou que há cerca de dois anos tentaram incendiar a carroceria do caminhão, mas o fogo foi apagado a tempo de evitar que se alastrasse pelo veículo. Ele também reclamou que, além de ocupar duas vagas de estacionamento rente à calçada, o veículo estava sujo e mal conservado trazendo perigo de se transformar em criadouro de animais peçonhentos e do mosquito da dengue, entre outros.

Cumprindo a lei

Edson também contou que, além do velho caminhão, outros cinco veículos em estado de abandono serão apreendidos ainda hoje e levados para o pátio municipal. “A Lei do Abandono ainda não estava sendo cumprida porque a prefeitura não dispunha de um pátio próprio e não tinha um guincho para fazer a remoção dos veículos, mas agora com o pátio e o guincho à disposição, os veículos abandonados pela cidade vão começar a ser removidos. Ainda hoje serão realizadas outras apreensões na região central, na Vila Xavier, no Vale do Sol e no Jardim Maria Luiza”, ressaltou Edson para a reportagem de O Imparcial.

 

Lei do abandono de veículos

Criada por decreto do prefeito Marcelo Barbieri (PMDB), em abril de 2014, a lei prevê que, caracterizado o abandono por mais de 30 dias, o veículo será fotografado e identificado com o adesivo. O dono tem 10 dias para retirá-lo, caso contrário o carro vai para o pátio da prefeitura. São 90 dias para a retirada e pagamento de multa, que é de R$ 3.520. Caso o dono não procure, o veículo será leiloado.

 O novo pátio

O pátio municipal de recolhimento e estadia de veículos irregulares resultantes da constatação de abandono em vias públicas ou de infrações de trânsito foi inaugurado hoje (21). Os serviços serão executados pela empresa Auto Socorro e Mecânica Carvalho Ltda., vencedora da licitação da concessão onerosa dos serviços públicos de administração do pátio, remoção e guarda desses veículos. O Município firmou convênio com o Detran de São Paulo e licitou os serviços por meio de concorrência pública.

O pátio atenderá aos chamados dos agentes das autoridades de trânsito, que englobam policiais militares, guardas civis municipais e agentes de fiscalização de trânsito.

Os custos da remoção de motocicletas/motonetas, automóveis/utilitários e veículos pesados é de, respectivamente, R$ 368,70, R$ 412,80 e R$ 780,50. A estadia custa R$ 36,87, R$ 41,28 e R$ 78,05, na ordem. Já os valores do quilômetro adicional, a partir da distância de 40 km, são R$ 3,69 para motocicletas/motonetas, R$ 4,13 para automóveis/utilitários e R$ 7,81 para veículos pesados. Os valores das tarifas dos serviços cobrados pela concessionária foram fixados por decreto municipal.

Fotos: O Imparcial