Covid-19: Brasil tem 1,3 mil mortes e 23,4 mil casos confirmados

N√ļmero de casos confirmados da doen√ßa soma 23.430

35

O n√ļmero de mortes decorrentes do novo coronav√≠rus (covid-19) subiu para 1.328, um acr√©scito de 105 √≥bitos nas √ļltimas 24 horas. A nova totaliza√ß√£o foi divulgada pelo Minist√©rio da Sa√ļde hoje (13). O resultado marca um aumento de 9% em rela√ß√£o a ontem.

S√£o Paulo concentra o maior n√ļmero de casos (8.895) e de mortes (608), com mais da metade do total contabilizado na atualiza√ß√£o. Em seguida, os estados com os maiores n√ļmeros de mortes s√£o Rio de Janeiro (188), Pernambuco (102), Cear√° (91) e Amazonas (71).

Al√©m disso, foram registradas mortes no Paran√° (31), Maranh√£o (27), Santa Catarina (24), Minas Gerais (23), Bahia (22), Rio Grande do Norte (17), Rio Grande do Sul (16), Distrito Federal (15), Par√° (15), Esp√≠rito Santo (14), Goi√°s (15), Para√≠ba (13), Piau√≠ (8), Amap√° (5), ¬†Sergipe (4), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Alagoas (3), ¬†Acre (3), e Roraima (3) Rond√īnia (2). Tocantins √© o √ļnico estado onde ainda n√£o houve morte.

J√° o n√ļmero de casos no pa√≠s somou 23.430. O n√ļmero representa um crescimento de 6% em rela√ß√£o a ontem, quando o balan√ßo do Minist√©rio da Sa√ļde marcou 22.169. A taxa de letalidade do pa√≠s ficou em 5.7%.

Perfil

No perfil das vítimas, 58,9% eram homens e 41,1%, mulheres. Do total, 74% tinham acima de 60 anos e 75% apresentavam algum fator de risco, como cardiopatia, pneumopatia, diabetes e doenças neurológicas.

J√° os casos confirmados nas √ļltimas 24 horas totalizaram 1.261, menos do que¬†ontem, quando foram 1.442. O resultado √© tamb√©m menor do que os registrados na √ļltima semana, quando chegaram a ser agregados √†s estat√≠sticas 2.210 novos casos na¬†quarta-feira (8).

No coeficiente de incid√™ncia (n√ļmero de casos por 1 milh√£o de habitantes), Amazonas lidera (303), seguido por Amap√° (281), Distrito Federal (209), Cear√° (196), S√£o Paulo (192) e Rio¬†de Janeiro¬†(186). Todas essas unidades da Federa√ß√£o est√£o mais de 50% acima da m√©dia nacional (111), na categoria de ‚Äúemerg√™ncia‚ÄĚ de acordo com a escala do¬†¬†MS.

As capitais com maior incid√™ncia s√£o Fortaleza (573), S√£o Paulo (518), Manaus e entorno (482), Macap√° (391) e Florian√≥polis (345). Na considera√ß√£o por √°rea de sa√ļde, ganha destaque tamb√©m na √°rea central, no Amap√°, com √≠ndice de 348, al√©m de Rio Negro e Solim√Ķes, no Amazonas, com 305.

As hospitaliza√ß√Ķes por covid-10 totalizaram 4.926. No entanto, ainda h√° 31.605 pessoas internadas com S√≠ndrome Respirat√≥ria Aguda Grave (SRAG) em investiga√ß√£o, dependendo de testes para averiguar se s√£o casos de infec√ß√£o por novo coronav√≠rus ou n√£o.