Bolsonaro sanciona socorro a Estados e veta reajuste a servidores

A lei garante um repasse direto de R$ 60 bilh√Ķes da Uni√£o para os entes federados, divididos em quatro parcelas mensais

42

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei complementar que oficializa o socorro financeiro a Estados e munic√≠pios para o combate √† pandemia do novo coronav√≠rus, chamado oficialmente de Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronav√≠rus SARS-CoV-2 (Covid-19). O presidente vetou, entre outros artigos, o que blindava categorias do funcionalismo p√ļblico do congelamento de reajustes salariais at√© o fim de 2021. A informa√ß√£o da san√ß√£o do presidente havia sido antecipada ontem pelo¬†Estad√£o/Broadcast. A lei garante um repasse direto de R$ 60 bilh√Ķes da Uni√£o para os entes federados, divididos em quatro parcelas mensais. Al√©m disso, suspende o pagamento da d√≠vida de Estados e munic√≠pios com a Uni√£o at√© o fim de 2020.