Violência contra criança e adolescente é tema de encontros online

Evento começa em 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; inscrições devem ser feitas pelo site da Prefeitura

75

Tem início no dia 18 de maio o ciclo de eventos online sobre o enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes. Organizado pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e pela Escola Municipal de Governo, o encontro terá sua abertura no Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e contará com a presença do prefeito Edinho.

O evento segue até 17 de junho e chega como uma proposta de formação voltada aos atores da rede de atendimento à criança e ao adolescente de Araraquara. As inscrições devem ser feitas pelo site da Prefeitura e os encontros ficarão disponíveis no YouTube.

Podem se inscrever funcionários da rede pública, particular e Organizações da Sociedade Civil (OSC). Os inscritos receberão certificado de participação.

O cronograma abrange encontros semanais com autoridades e especialistas que irão abordar os seguintes temas: abuso e exploração sexual, escuta especializada, protocolo municipal de atendimento, trabalho infantil e responsabilização de agressores.

“O evento proporcionará um espaço de diálogo entre OSCs, iniciativa privada, Conselho de Direitos, Conselhos Tutelares, e os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Esse diálogo é extremamente importante para execução e elaboração de ações e políticas públicas que garantam a proteção integral das crianças e adolescentes de Araraquara, especialmente no contexto da pandemia”, explica a gestora do Creas Girassóis (Centro de Referência Especializada da Assistência Social), Mônica Fernanda Favoreto da Silva.

A ação também contará com uma campanha informativa nas redes oficiais da Prefeitura com divulgação de materiais educativos voltados à população em geral.

Programação do Ciclo de encontros online: Enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes em Araraquara

18/05 – 10h30

Abertura: Araraquara contra a violação de direitos de crianças e adolescentes

Participantes: Prefeito Edinho, Jacqueline Pereira Barbosa (psicóloga e secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social), Mônica Fernanda Favoreto da Silva (psicóloga e gestora do Creas), Alexandre Machado (presidente do Comcriar), Conselho Tutelar, Câmara Municipal de Araraquara, Dr. Marco Aurélio Bortolin (juiz da Vara da Infância e Juventude e do Idoso de Araraquara) e Dra. Noemi Corrêa (promotora da 3ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude e do Idoso de Araraquara)

19h

Tema: Abuso e exploração sexual infanto-juvenil

Conteúdo: Introdução ao trabalho do Creas Araraquara; conceituação básica sobre abuso e exploração sexual infanto-juvenil; comportamentos e sintomas frequentemente associados à violência sexual; violência sexual contra a população no contexto da pandemia; levantamento de dados referentes ao acompanhamento de crianças e adolescentes ao longo de 2020 e 2021; canais de denúncia.

Apresentação: Mônica Fernanda Favoreto da Silva (psicóloga e gestora do Creas) e Maisa Teixeira (assistente social do Creas)

25/05 – 19h

Tema: Escuta especializada

Conteúdo: Introdução aos aspectos legais da escuta especializada e do depoimento especial; conduta profissional diante de relatos espontâneos de violência; documentação e encaminhamento.

Apresentação: Aline Conegundes Riba – é graduada em Psicologia; mestranda da Faculdade de Saúde Pública (USP); pós-graduada em Psicologia Judiciária (PUC/SP); possui trajetória profissional na área social, com 13 anos de experiência no enfrentamento à violência contra crianças, adolescentes, mulheres, estrangeiros, refugiados e vítimas de tráfico humano. Tem experiência na implantação do atendimento a autores de violência sexual, elaboração e implantação de projetos sociais e programas e serviços da proteção social básica e da proteção social especial de média e alta complexidade em consonância com a Lei Orgânica da Assistência (Loas) e Sistema Único da Assistência Social (Suas); na implantação de programas e projetos na área da saúde, de prevenção e atenção à violência; e na elaboração e implantação de serviços, planejamento, monitoramento, assessoria técnica, supervisão, capacitações, avaliação e construção de fluxos e processos. É vinculada ao Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente (Neca).

Mediação: Mônica Fernanda Favoreto da Silva (psicóloga e gestora do Creas)

03/06 – 19h

Tema: Protocolo de atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência e/ou outras violações de direito

Conteúdo: Apresentação da rede de proteção da criança e adolescente em Araraquara; tipos de violência; fluxogramas.

Apresentação: Celina Garrido (psicóloga e gerente da Vigilância Socioassistencial da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social)

Mediação: Edilaine Helena Scabello (psicóloga do Creas)

10/06 – 19h

Tema: Trabalho infantil

Conteúdo: Apresentação do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil); introdução ao enfrentamento do trabalho Infantil; apresentação de dados do Peti; Plano Municipal de Enfrentamento ao Trabalho Infantil.

Apresentação: Maria José de Oliveira (assistente social e técnica de referência do Peti)

Mediação: Jhonny Wellington dos Santos (psicólogo do Creas)

17/06 – 19h

Tema: Consequências legais da violação de direitos de crianças e adolescentes

Conteúdo: Aspectos legais e responsabilização de agressores

Apresentação: Dr. Marco Aurélio Bortolin (juiz da Vara da Infância e Juventude e do Idoso de Araraquara) e Dra. Noemi Corrêa (promotora da 3ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude e do Idoso de Araraquara)

Mediação: Jacqueline Pereira Barbosa (psicóloga e secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social)