Vida Louça homenageia o “Bonitão de Araraquara”

Coleção Aracoara chega à sua 4ª edição destacando o Troléibus nº 1 com arte de Lucas Tannuri

84

O registro do patrimônio histórico de Araraquara mais uma vez ganha uma coleção produzida pela Vida Louça Porcelana. Nesta quarta edição comemorativa da Coleção Aracoara o destaque é o “Bonitão de Araraquara”, apelido que a população deu carinhosamente ao ônibus nº 1 da Companhia Tróleibus de Araraquara instituída no dia 31 de agosto de 1959.

O “Bonitão” retratado nesta Coleção Aracoara, é assinado pelo ilustrador Lucas Tannuri. A equipe de produção da nova coleção, além do ilustrador, é composta por Tadeu Queiroz e Weber Fonseca. “Tínhamos algumas opções de temas para essa coleção, mas optamos pelo Troléibus – uma ideia do Weber, a fim de dar continuidade à sequência que a gente vem desenvolvendo desde 2019”.

A Coleção Aracoara já apresentou: “ Serpente da Matriz” e “As Pegadas dos Dinossauros” (2019) e “A Rua 5 e os Oitis” (2020). Esta coleção é sempre lançada em agosto, a fim de prestar uma homenagem à cidade, amigos e moradores da Morada do Sol. A coleção do “Bonitão de Araraquara”, com tiragem limitada, é composta por prato de sobremesa e uma xícara de café com bandeja. Um cartão com a mini bio do “Bonitão” acompanha as peças.

Em 1959 a CTA iniciou suas operações em Araraquara com sete veículos e uma rede com 18 quilômetros de rede bifilar – a instalação elétrica aérea com dois cabos de fios paralelos). As duas primeiras linhas foram: Vila Xavier-Carmo e Estação-Fonte.

O sistema com ônibus elétricos implantado pelo então prefeito, Rômulo Lupo, teve como base o projeto das cidades de Vicenza e Piacenza, na Itália. Em 1989 foi iniciada a implantação de linhas de veículos diesel e os tróleibus passaram a ser desativados. A última linha foi desativada em 12 de novembro de 2000.

Vale destacar que o ônibus “Bonitão de Araraquara” está em exposição na Praça do Daae, em Araraquara, e foi a fonte de inspiração para a arte criada pelo fotojornalista e ilustrador Lucas Abi Rached Tannuri, que é autor do “O Grande Desafio das Pequenas Coisas” e tem publicações de fotos nos principais jornais e revistas do pais e também jornais e portais internacionais, além de prêmios em curtas de animação.

“Trabalhar na ilustração e criação do Tróleibus para Vida Louça foi como um passeio na memória. Um passeio coletivo, já que muita gente também trouxe memórias afetivas deste período em Araraquara e, ao mesmo tempo, um passeio particular entre linhas e cores que fizeram parte da minha infância e adolescência. É muito bom poder revisitar nossas memórias e nossa história. Este passeio me fez revisitar por partes importantes de minhas raízes”, apontou Lucas.

A Coleção Aracoara pode ser conferida no Instagram (@vidaloucaporcelana), enquanto o atendimento e as vendas são realizados pelo WhatsApp (16) 98115-7709.