“Sistema de saúde de Araraquara entrou em colapso”, afirma Edinho

Araraquara registra mais 5 mortes nesta terça -feira (16)

103

Araraquara registrou nesta terça-feira, dia 16 de fevereiro, mais 152 casos positivos de Coronavírus, o equivalente a 53% de 287 amostras analisadas na Unesp e na UPA da Vila Xavier. Além destes, mais 77 foram positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 229 novos casos.

 

Portanto, agora são 12.434 casos em Araraquara. Do total de confirmados, 973 permanecem em quarentena e 11.308 já saíram. Aguardam resultado de exames 214 amostras.

Hoje,  212 pacientes estão internados. Destes, 149 estão em enfermaria – 9 suspeitos e 140 confirmados. E 63 estão na UTI – 2 suspeitos e 61 confirmados. Do total de 212 internados, 172 são moradores de Araraquara e 40 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 100% de leitos de enfermaria e 100% de UTI.

Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 17 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 17 pacientes e o Hospital de Campanha tem 39 pacientes.

Foram notificados, até o momento, 153 óbitos decorrentes de Coronavírus.

Os óbitos mais recentes são:

 

– Homem de 73 anos, com comorbidades, internado em hospital público desde o dia 22 de janeiro.

– Homem de 41 anos, com comorbidades, internado em hospital público desde 10 de fevereiro.

– Homem de 51 anos, com comorbidades, que foi atendido em unidade pública de saúde em 16 de fevereiro.

– Homem de 72 anos, com comorbidades, internado em hospital privado desde o dia 2 de fevereiro.

– Mulher de 68 anos, com comorbidades, internado em hospital público desde o dia 14 de fevereiro.

 

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

 

“Não temos mais condições de atender aos doentes. Hoje temos 16 pacientes esperando uma vaga em internação, não temos espaço, estamos com 100% dos leitos ocupados”, disse o prefeito.

Disse ainda que busca junto ao Governo do Estado e com prefeitos da região, abrir mais leitos.

“Vamos improvisar. Estamos tentando abrir mais 10 leitos no Hospital de Retaguarda do Melhado e mais 30 leitos no Hospital de Campanha, mas são leitos improvisados dentro da estrutura que temos. Também buscamos ajuda com o Estado para a Santa Casa, que é um hospital regional e é o nosso mais importante apoio”, afirmou.

Ele pede que a população cumpra as regras de isolamento social neste momento difícil que a cidade passa.”Cada vez que uma pessoa sai de casa é um risco de contaminação, é um risco de pegar a doença ou espalhar a doença. Eu peço encarecidamente para que as pessoas fiquem em casa, essa é a única maneira de conter a proliferação do vírus”, pediu o prefeito.

Ele ressaltou ainda que a nova cepa do coronavírus é mais contagiosa e todos que saem as ruas estão expostos. “Preciso que toda a cidade se junte para vencermos essa batalha”, finaliza Edinho.

Vale ressaltar que os secretários estaduais do Desenvolvimento Marco Vinholi e da Saúde, Jean Gorinchteyn, estarão hoje em Jaú e Araraquara para o anúncio de abertura de mais leitos destinados a pacientes de Covid-19 e para tratarem com as autoridades locais medidas restritivas que visam conter o avanço do contágio do Coronavírus na região.