Servidores decidem pela manutenção do estado de greve

Havia uma expectativa de que o projeto de mudança no regime de trabalho dos servidores seria votado nesta terça, mas ele não foi colocado para votação

44

Organizados em assembleia na tarde desta terça-feira (8), os servidores municipais de Araraquara decidiram manter o estado de greve da categoria contra a imposição de um regime estatutário proposto pelo Executivo, mesmo que apenas para novos servidores. Havia a expectativa de que o projeto seria votado na sessão dessa tarde, mas ele não entrou para votação.
A categoria também decidiu que o SISMAR deve participar de uma reunião com o prefeito Edinho Silva junto com uma comissão de quatro servidores eleita na assembleia. A reunião será realizada nesta quarta-feira (9), às 16 horas, na Prefeitura.
Logo após a reunião, o SISMAR vai realizar outra assembleia para apresentar aos servidores o que foi conversado. De acordo com o sindicato, os servidores podem entrar em greve amanhã mesmo, dependendo do resultado da reunião.

Foto: O Imparcial