Serviço de inteligência identifica autor de descarte irregular de resíduos em Área de Preservação Permanente

Por meio de uma ação rápida e conjunta entre a Vigilância em Saúde e Guarda Municipal, foi possível identificar o responsável pelo crime ambiental

373

O setor de inteligência da Guarda Municipal, órgão ligado à Secretaria de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, identificou nesta terça-feira (13), o autor de um descarte irregular de resíduos em uma Área de Preservação Permanente (APP) na Chácara Flora. A identificação do responsável pelo crime ambiental se deu por meio de imagens cedidas por moradores do bairro às equipes da força-tarefa da Vigilância em Saúde.

O secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior, destaca a agilidade do setor na ação. “Recebemos as imagens no começo da tarde e logo ao final da tarde nossa equipe já havia identificado o infrator”. De acordo com ele, o próximo passo será autuar o responsável pelo crime. “Vamos acionar as forças policiais e também encaminhar o caso ao Ministério Público (MP)”.

O coronel aproveitou para relembrar outro crime ambiental solucionado pelo setor de inteligência da Guarda Municipal. “No ano passado já havíamos identificado dois jovens que atearam fogo em uma reserva ambiental localizada no bairro Altos do Jaraguá”. Cabe lembrar que no mês passado os dois jovens foram responsabilizados criminalmente pelo Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo, por intermédio da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente e Urbanismo de Araraquara, que determinou aos jovens o pagamento de uma multa no valor de R$ 220 mil e o replantio de 987 mudas na área próxima ao Córrego Anhumas, a fim de reparar o dano ambiental provocado no ano passado.

Limpeza da área

A responsável pelas equipes de Apoiadores de Combate à Dengue, Débora Baggio, conta que em vistoria no local foi possível identificar uma grande quantidade de materiais inservíveis. “Recebemos a denúncia, no mesmo dia fomos averiguar e verificamos que havia três pontos com uma grande quantidade de resíduos, um deles inclusive havia sido alvo de um incêndio”.

Ela salienta que em conversa com os moradores do bairro acabou recebendo as imagens. “Assim que recebemos as imagens já encaminhamos para o comando da Guarda Municipal, para que o responsável pelo descarte pudesse ser identificado e acionamos a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade”.

Segundo ela, uma força tarefa incluindo servidores da Vigilância em Saúde, agentes de controle de endemias, do Controle da Fauna Sinantrópica, de apoiadores do combate à dengue, do Daae e da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, devem iniciar a limpeza do local nesta quinta-feira (15).  “Além da limpeza desses três pontos, iremos trabalhar com a vistoria e intensificação em todos os imóveis do bairro”.

As equipes devem ficar na região nos próximos dias e abranger outros pontos do bairro que também estão com acúmulo de resíduos. “Nosso objetivo é eliminar qualquer material que possa servir de criadouro do mosquito Aedes aegypti e orientar os moradores”, concluiu Débora.

Cabe lembrar que, de acordo com as Leis Municipais 6.352/2015 e 860/2014, o descarte irregular de resíduos sólidos é passível de multa e a população pode denunciar à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, através do telefone (16) 3339-5000 ou pelo e-mail secmeioambiente@araraquara.sp.gov.br.