“Se você não tem tempo para ler, você não tem Tempo ou (ferramenta para escrever), simples Assim”

152

Darcy Dantas/Colaboração

Felizmente Araraquara tem seu dia dedicado a literatura, agora em forma de Lei, assim como dedicado ao incentivador dessa técnica de expor textos, o escritor Ignácio de Loyola Brandão, nosso conterrâneo e membro

da Academia Brasileira de Letras.

11 de abril comemoramos nesta Morada do Sol, da luz, cidade “carregada” de bens culturais, de efervescência cultural inigualável, que aos poucos o tempo está levando. Cuidemos para que isso não aconteça.

E o que é a literatura? É o “condimento” necessário para conhecermos o mundo. Só a leitura nos leva onde nossos pés não conseguiriam chegar.

O Projeto que tive a felicidade de colocar no papel, foi descoberto pela sensibilidade do vereador Rafael de Angeli (PSDB) que tornou Projeto de Le , tendo o aval de todos os senhores vereadores, e o respeito do Sr.

Prefeito Edson Silva, que o tornou Lei.

11, em homenagem a cadeira que pertence a Ignácio de Loyola Brandão na Academia Brasileira de Letras. Abril porque é a estação que me comove, que me acaricia.

Nem todos têm o prazer de ler. Mas só com a literatura, através de seus textos poderemos ser pessoas melhores, mais conscientes do que é o mundo e o ser humano.

Aprender a ter o prazer de ler, é só apanhar um bom livro, ler a primeira página, depois a segunda e ai ter o livro como companheiro inseparável.

Todo dia 11 de abril será comemorado o dia da literatura assim como o dia dedicado ao escritor Ignácio de Loyola Brandão.

Escritores farão palestras, e todos que desejarem escrever, escreverão e terão nosso respeito, tenham a instrução que tiver, mas que possuam amor as letras.

Enfim, muitos elementos agregados a literatura estarão ativos nos dias 11 de abril, “ad eternum”.

Infelizmente esse ano não foi possível, por motivos que conhecemos. Então façam do livro seu companheiro.

Só a literatura, com textos, os mais variados, nos torna seres melhores, conhecedores de um mundo para muitos, desconhecido, tornando a vida boa de ser vivida.

Parabéns Araraquara, Que outros escritores saiam daqui ou de outras plagas.

Que a literatura, a leitura, se torne hábito de todo ser humano.

Tenham certeza, teremos um mundo melhor de ser vivido.