Região de Araraquara adota medidas mais restritivas no combate à pandemia

Municípios vizinhos irão endurecer ações de fiscalização e restrição de circulação e funcionamento do comércio; DRS 3 tinha 24 pacientes esperando UTI neste sábado (19)

86

Os municípios da região irão endurecer as medidas de enfrentamento da pandemia da Covid-19 nos próximos dias. As decisões foram anunciadas em reunião online com prefeitos da região, Departamento Regional de Saúde (DRS 3) e representantes do Governo do Estado na manhã deste sábado (19).

As cidades de Américo Brasiliense, Nova Europa, Rincão, Santa Lúcia, Gavião Peixoto, Boa Esperança do Sul e Motuca, que ficam mais próximas a Araraquara, confirmaram que aumentarão as restrições de circulação e de fechamento do comércio e das atividades econômicas nos próximos dias.

Outros municípios também poderão decidir pelo endurecimento das medidas de combate à pandemia. Foi consenso entre os prefeitos a necessidade de ampliação da fiscalização de aglomerações e de conscientização da população sobre os cuidados de prevenção da Covid-19.

Em Araraquara, decreto municipal estabelece o ‘lockdown’ entre as 12h de domingo (20) e as 23h59 do próximo domingo (27), em virtude do recente crescimento de casos da doença e de o limite de alerta máximo (20% de positivações no total de testes) ter sido atingido por três dias consecutivos (terça, quarta e quinta-feira).

Segundo o DRS 3, 24 pacientes aguardavam leitos de UTI no sistema de regulação de vagas em toda a região na manhã deste sábado. Durante a reunião foi informada a notícia da morte de um paciente de Boa Esperança do Sul que aguardava vaga em UTI no sistema de regulação.

“A situação é muito grave. Precisamos fazer mais esse esforço para derrubarmos a contaminação em toda a região e, enquanto isso, acelerarmos a vacinação. Não temos outro caminho. Vamos seguir ouvindo a ciência para salvar vidas”, declarou o prefeito Edinho.

Estiveram com Edinho na reunião o vice-prefeito e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto; a coordenadora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Talitha Martins; e a secretária de Governo, Planejamento e Finanças, Juliana Agatte.

Participaram online Edna Martins, Jorge Bedran, Fernando Medeiros e Paulo Albano, representando o Governo do Estado; o diretor do Departamento Regional de Saúde (DRS 3), Jeferson Yashuda; além dos prefeitos e representantes dos municípios.