Prêmio Fúlvia Magrini terá resultado divulgado nesta sexta (26)

Um total de 51 mulheres empreendedoras de Araraquara concorre a: 12 prêmios de R$ 5 mil (para MEI) e 4 no valor de R$ 7,5 mil (para Empreendimentos Econômicos Solidários)

36

Nesta sexta-feira, 26 de março, Prefeitura de Araraquara divulga o resultado do “Prêmio Empresária Fúlvia Magrini: Mulheres que Empreendem – 2021”, lançado no último Dia das Mulheres, a fim de destacar empreendedoras e também Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) compostos por uma maioria de participantes mulheres. A atividade, online, tem início às 19h30, por meio do Facebook da Prefeitura de Araraquara.

“O prêmio se destina a fomentar micros ou pequenos empreendimentos, formais ou não formalizados, como alternativa de geração de renda às mulheres cujo trabalho ou negócio foi afetado pela pandemia da Covid-19 em 2020 e 2021”, explica a coordenadora municipal de Políticas para Mulheres, Gabriela Palombo, da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular. “Recebemos 51 inscrições, um número bastante expressivo para essa primeira edição do prêmio”, destaca.

Propondo medidas que visam garantir e ampliar o empreendedorismo feminino, o Prêmio Fúlvia Magrini terá as propostas vencedoras premiadas com 12 prêmios de R$ 5 mil (para MEI), além de 04 prêmios no valor de R$ 7,5 mil (para EES). Os recursos são provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Arlindo Chinaglia (PT/SP).

Camila Capacle, coordenadora de Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, lembra que a premiação oferece às selecionadas a oportunidade de reorganizar seus negócios por meio de auxílio financeiro, cursos, suporte e acompanhamento de seus negócios.

Ela conta que todas as empreendedoras e EES premiadas receberão gratuitamente suporte na gestão de negócios pela IPECS (Incubadora Pública de Economia Criativa e Solidária), subordinada à Coordenadoria Executiva do Trabalho e de Economia Criativa e Solidária (CETECS), e também receberão gratuitamente o curso SEBRAE “Enfrenta”, por meio de parceria com o SEBRAE dentro do Programa “SEBRAE Delas”. “É uma premiação que reconhece a importância do trabalho feminino no empreendedorismo da nossa cidade”.

Uma comissão designada foi a responsável por selecionar as propostas premiadas, considerando: assertividade no investimento dos recursos; viabilidade na realização da proposta, cumprimento de prazos, valores e objetivo do edital; solidez do empreendimento; comprovação da atuação pregressa do empreendimento ou da proponente; maior dificuldade para comercialização em virtude da pandemia; responsável por toda ou maior parte da renda familiar (representando 60% ou mais da renda familiar); e número de dependentes (Ex: idosos, crianças menores de 14 anos, pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida).

O prêmio homenageia, com autorização da família, a empresária Fúlvia Magrini – empreendedora do setor de beleza, admirada por ser uma potência na área.