Prefeitura lança carteira de identificação para pessoas com Transtorno do Espectro Autista

Carteirinha garante prioridade no acolhimento e no acesso a serviços públicos e privados; live no Facebook também lançou cartilha com dicas durante isolamento causado pela pandemia

189

Um evento online promovido pela Prefeitura no Facebook, na noite de sexta-feira (23), lançou a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA) e a cartilha “Autismo e Isolamento Durante a Pandemia”. A live também faz alusão ao Abril Azul, mês internacional de conscientização do autismo.

A Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo visa garantir atenção integral, pronto atendimento e prioridade no acolhimento e no acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Já a cartilha “Autismo e Isolamento Durante a Pandemia”, elaborada pela Coordenadoria de Direitos Humanos em parceria com o Centro Municipal de Referência do Autismo, visa oferecer subsídios às famílias das crianças com TEA no período de isolamento social, buscando instrumentalizar as famílias para que elas consigam implementar uma rotina de atividades terapêuticas dentro de casa.

“São iniciativas muito importantes da Prefeitura. Em ação inovadora de Araraquara em parceria com entidades, já implantamos o Centro de Referência do Autismo, que está iniciando um trabalho fundamental. E, agora, fico muito feliz pela organização deste evento online e por mais essas medidas”, afirmou o prefeito Edinho, que participou da abertura do evento online.

“É uma construção coletiva, participativa e que mostra a força de um governo alinhado pelas causas sociais e pela causa da inclusão”, disse a secretária de Direitos Humanos e Participação Popular, Amanda Vizoná, ao destacar a participação de diversas secretarias na elaboração dos dois projetos.

A vice-presidente da Câmara Municipal, vereadora Thainara Faria (PT), representando o Legislativo, parabenizou a Prefeitura pela iniciativa. “Por mais que o governo esteja tendo um brilhante desempenho na área da saúde, combatendo a Covid-19, ele não deixou de oferecer assistência a todas as necessidades de cada cidadão araraquarense. Isso é fantástico”, declarou Thainara.

O evento online, que ainda pode ser acompanhado no Facebook da Prefeitura na íntegra, contou também com presenças do coordenador de Direitos Humanos, Renato Ribeiro, que fez a mediação do debate; da assessora de Políticas Públicas para Pessoa com Deficiência, Débora Félix; do gerente do Centro Municipal de Referência do Autismo, Luiz Armando Garlippe; da fonoaudióloga Maria Cecília de Freitas Ferreira, do Centro de Referência do Autismo; e de Karina Maia, representando a Ampara (Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Araraquara).

O e-book da cartilha “Autismo e Isolamento Durante a Pandemia” pode ser acessado neste link: http://www.araraquara.sp.gov.br/noticias/2021/abril/23/EBOOKAUTISMOEISOLAMENTODURANTEAPANDEMIA_abril.pdf

Já o cadastro para a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA) pode ser feito neste endereço: http://sistema.araraquara.sp.gov.br/portal2/direitosHumanos/carteiraAutista/.