Prefeitura inaugura Incubadora de Ovos no Assentamento Monte Alegre

Evento também marcou a entrega do registro SIM (Serviço de Inspeção Municipal), necessário para a comercialização dos alimentos

15

A Prefeitura inaugurou a Incubadora de Ovos Caipira do setor 3 do Assentamento Monte Alegre, uma parceria com a Unesp (Universidade Estadual Paulista), a Uniara (Universidade de Araraquara) e a Coopersol (Cooperativa dos Agricultores Familiares de Araraquara e Região).
O evento também marcou a entrega do registro SIM (Serviço de Inspeção Municipal), que é necessário para a comercialização legal dos ovos. A equipe do SIM inspeciona produtos de origem animal e é formada por um médico veterinário, um fiscal sanitário e um auxiliar administrativo.
“É um dia muito importante para os agricultores familiares e para os assentamentos, contribuindo para a geração de renda dos produtores e para levar alimento de qualidade para a casa do araraquarense. Os assentados são prioridade dentro das nossas políticas públicas municipais”, afirmou o prefeito Edinho.
O vice-prefeito e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto, parabenizou os produtores pela conquista. “É uma grande realização essa parceria. Isso irá engrandecer e fortalecer os agricultores”, destacou.
Representando a Câmara Municipal, a vereadora Fabi Virgílio (PT) disse esperar que a incubadora do Monte Alegre vire referência. “Nas mãos do Toninho [presidente da Coopersol] e de outros assentados, a incubadora vai maturar, crescer, criar raízes. Esse é só o primeiro passo. Vocês são exemplos da reforma agrária e do direito à terra”.
A coordenadora de Agricultura, Enedina Andrade, reforçou que várias etapas foram percorridas até a inauguração da sede da incubadora e o registro do SIM. “O SIM é importante para que a gente possa comercializar produtos de qualidade, com registro, para a população. Receber o SIM é como uma semente que queremos que seja grande”, explicou.
O coordenador Regional Norte da Fundação Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo), Amarildo Fernandes, falou sobre a parceria com as universidades, a Prefeitura e os produtores. “Estamos executando mais uma política pública. É uma satisfação muito grande executar e estar junto nessa iniciativa”, afirmou.
Para o professor da Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente da Uniara, Henrique Carmona Duval, a incubadora e o registro SIM fortalecem a agricultura familiar e levam alimento de qualidade à população. “O ovo é uma proteína animal de muita qualidade. Os produtores vão poder comercializar, agora com o SIM, e o Município terá autonomia de produzir dentro de seu território e não depender da compra de outros territórios, valorizando seus produtores”.
O presidente da Coopersol, Antônio Aparecido da Silva, agradeceu a todos que trabalharam para essa conquista. “Foi quase 1 ano e meio de luta, mas, graças a Deus, conseguimos. Agradeço a todos os que estão aqui presentes”, declarou.