Prefeitura decreta lockdown de 7 dias

Medida drástica começará a valer ao meio dia deste domingo (20) e termina às 24 horas do dia 27

139

A prefeitura de Araraquara divulgou, no início da noite desta quinta-feira (17), o novo decreto municipal que determina as regras para o novo lockdown que entrará em vigor ao meio dia deste domingo (20).

De acordo com o decreto, fica determinada medida de quarentena no município de Araraquara, das 12h (doze horas ou meio-dia) do dia 20 de junho de 2021 às 24h (vinte e quatro horas ou meia-noite) do dia 27 de junho de 2021, consistente na vedação à circulação de pessoas e veículos em vias públicas.

Com o  crescimento na contaminação pela covid-19, a Prefeitura publica no Diário Oficial desta sexta-feira (18), um novo decreto municipal com restrições.

É permitido ida à farmácia para compra de medicamentos, atendimento médico de urgência e embarque e desembarque no terminal rodoviário. A ida em posto de vacinação contra a covid-19 também é considerado inadiável.

Pessoas que trabalham nos serviços permitidos de funcionar no decreto, desde que porte documento que comprove a situação, documento pessoal e comprovante de endereço.

Terão que ter a nota fiscal de compra, tíquete de passagem, carteira de trabalho ou declaração, atestado de comparecimento na unidade de saúde ou comprovante da urgência.

Continua as  barreiras sanitárias e necessidade de apresentação de exame negativo para covid-19 com validade de 48 horas antes da visita na cidade.

Todas as atividades comerciais e de prestação de serviços, até mesmo bancários, estão proibidos na cidade.

Indústrias também não podem funcionar.

O novo decreto permite o funcionamento somente de hospitais e unidades de pronto atendimento e pronto atendimento animal e farmácias, com acesso de uma pessoa da família.

Serviços de comunicação seguem permitidos, preferencialmente, através do trabalho remoto ou atendimento em domicílio.

Transporte de mercadorias em geral, combustíveis, gás e água envazada e serviços de logística também seguem permitido funcionar durante esse período.

Serviços de hospedagem também seguem permitidos na cidade, desde que sigam regras sanitárias e de higiene previstas no decreto municipal.

Os supermercados e estabelecimentos responsáveis pelo abastecimento de alimentos devem fechar a partir de 12 horas de domingo (20) e reabrir apenas na quarta-feira (23), com atendimento das 6 às 20 horas.

A mesma regra vale para postos de combustíveis que abasteçam veículos particulares, que devem fechar a partir das 12 horas de domingo (20) até às 5h59 de terça-feira (22), reabrindo a partir deste dia, das 6 às 20 horas.

Bares, restaurantes e demais  estabelecimentos que sirvam alimentos de consumo imediato poderão realizar atendimento exclusivamente mediante entrega a domicílio a partir de terça-feira (22), das 6 às 20 horas. O Bom Prato e os Restaurantes Populares deverão realizar atendimento para retirada, seguindo regras nas filas externas.

Fica suspenso o serviço de transporte pùblico coletivo, serviços municipais, estaduais e federais . Fica suspenso atividades esportivas e religiosas .

Proibida a circulação em ruas, praças Publicas