Prefeitura atualiza dados e registra 8 mortes por Covid-19 nessa quarta-feira

Araraquara registrou nesta quarta-feira (14), mais 51 casos positivos de Coronavírus

92

Araraquara registrou nesta quarta-feira (14), mais 41 casos positivos de Coronavírus nos serviços públicos de saúde, o equivalente a 11% de 359 amostras analisadas. Além destes, foram mais 10 positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 51 novos casos. Portanto, agora são 18.198 casos em Araraquara.
Do total de confirmados, 391 permanecem em quarentena e 17.461 já saíram. Aguardam resultado de exames 385 amostras.
Hoje, 162 pacientes estão internados. Destes, 74 estão em enfermaria – 7 suspeitos e 67 confirmados. E 88 estão na UTI – 4 suspeitos e 84 confirmados.
Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 48% de leitos de enfermaria e 95% de UTI.
Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 12 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 9 pacientes e o Hospital de Campanha tem 44 pacientes.
Do total de 162 internados, 82 são moradores de Araraquara e 80 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade, sendo que 34 estão em Enfermaria e 46 estão em UTI.
Os 80 pacientes de outros municípios residem em Americana, Américo Brasiliense (4), Barra Bonita, Capivari, Descalvado (4), Dourado, Gavião Peixoto (4), Guarantã, Guarapiranga, Ibaté (5), Ibitinga (2), Itápolis, Matão, Motuca, Nova Europa (3), Olímpia, Piracicaba, Pirassununga (2), Pitangueiras, Porto Ferreira (2), Ribeirão Bonito, Rincão (6), Rio das Pedras, Rio de Janeiro, Santa Cruz das Palmeiras (2), Santa Lucia (3), São Carlos (21), São Gabriel do Oeste (MS), Tabatinga (5) e Tambaú (1).

Nas últimas 24 horas, não houve registro de óbito em decorrência da Covid-19 em Araraquara.

No entanto, o Comitê está atualizando hoje as notificações de óbitos inseridas tardiamente no sistema de informação da Secretaria Municipal da Saúde. A maioria dos óbitos ocorreu em hospitais da rede privada, em outros municípios, com diagnóstico do paciente fechado por critério clínico e não por testagem.

São os seguintes registros:

Homem de 56 anos, com comorbidades, que foi internado em 31 de janeiro e faleceu em 15 de fevereiro, em hospital da rede pública de Barretos.

Homem de 62 anos, com comorbidades, que foi internado em 11 de fevereiro e faleceu em 20 de fevereiro, em hospital da rede pública de Barretos.

Homem de 84 anos, com comorbidades, que foi internado em 21 de fevereiro e faleceu em 24 de fevereiro em hospital da rede pública de São Caetano do Sul.

Homem de 70 anos, com comorbidades, que foi internado em 6 de fevereiro e faleceu em 25 de fevereiro, em hospital da rede particular de Ribeirão Preto.

Homem de 74 anos, com comorbidades, que foi internado em 29 de janeiro e faleceu em 5 de março, em hospital da rede pública de Araraquara.

Homem de 79 anos, com comorbidades, que foi internado em 19 de fevereiro e faleceu em 10 de março em hospital da rede privada de Ribeirão Preto.

Mulher de 91 anos, com comorbidades, que foi internada em 14 de março e faleceu em 15 de março em hospital da rede privada de Araraquara

Homem de 62 anos, com comorbidades, que foi internado em 9 de fevereiro e faleceu em 26 de março, em hospital da rede pública de Barretos.

Portanto, com essa atualização no sistema de informação, são 354 óbitos decorrentes de Covid-19.

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.