Prefeito anuncia decreto de flexibilização da economia em Araraquara

Comércio volta a abrir neste domingo (18), já as academias só no próximo dia 24

122

Um novo decreto municipal foi anunciado pelo prefeito Edinho Silva no início da noite desta sexta-feira (16), por meio das redes sociais. Depois de 70 dias de restrições mais severas, o decreto flexibiliza o funcionamento de setores econômicos em Araraquara.

A partir deste domingo (18, as lojas poderão voltar a funcionar das 10h às 18h. Já nos sábados, o funcionamento será das 9h às 17h. Também no domingo, as igrejas poderão voltar a funcionar com ocupação de 25% e aplicação de protocolos sanitários, além de distanciamento de 2m entre os presentes.
Os shoppings seguem o comércio, mas aos domingos vão atender das 11 às 19h. Do dia 18 de abril até o próximo final de semana, restaurantes continuam em delivery, drive-thru e vendas na portas, sem entrar no estabelecimento.

Edinho pede apoio da população

“Nós estamos aqui publicando um decreto para que a gente possa ajudar as empresas. Ajudar para que a cidade volte a viver, mas com muita responsabilidade. Por isso nós precisamos, para que tudo isso dê certo, do seu apoio. Nunca mais queremos viver aquilo que a cidade viveu em fevereiro, com hospitais lotados, falta de leitos, pessoas doentes aguardando internação… não tínhamos leitos para internar todos os nossos doentes. Isso, nunca mais”, falou o prefeito.

Novo decreto no dia 24 de abril
A partir do próximo domingo (24), um novo decreto será publicado pela Prefeitura de Araraquara, com todos os detalhes de regras do que poderá funcionar com a nova “Fase de Transição”. No entanto, o prefeito adiantou alguns dos setores que poderão abrir.
De acordo com Edinho Silva, no próximo domingo (24), os bares e restaurantes poderão retornar com o atendimento presencial. Academias, clubes e outros locais que tenham atividades esportivas também voltam. Praças serão liberadas, assim como parques. Eventos, convenções e atividades culturais também devem ser permitidos.

Regras em Araraquara
A Prefeitura de Araraquara elabora um projeto para dividir a cidade em 50 regiões, em parceria com a Unesp e o Daae. Será feito um monitoramento da rede de esgoto por meio de coletas para avaliar a carga viral. Caso apresente um crescimento na carga viral, a Prefeitura de Araraquara vai isolar a região, ao invés de fechar a cidade inteira.
Durante o pronunciamento, Edinho Silva também comentou sobre a possibilidade de um novo fechamento total caso a confirmação diária de casos de coronavírus ultrapasse a marca de 30% das amostras analisadas.
Além disso, a cidade vai continuar com as barreiras sanitárias. Com isso, as pessoas de fora ainda terão que apresentar um teste negativo feito pelo menos nas últimas 48 horas para entrar na cidade.

Testagem

Equipes de testagem para o coronavírus estarão em diversos setores econômicos, como no comércio, indústrias, restaurantes, bares, academias e vários outros, com o intuito de reforçar o combate à doença. As equipes de saúde chegarão no lugar para fazer testagem e se tiver pessoas contaminadas, o local será fechado.

Foto: Divulgação