Podcast e Cena Curta marcam o domingo (06) da Semana Luís Antonio

Programação segue até 12 de setembro e apresenta também fotonovelas no Facebook do Município de Araraquara

16

O segundo dia da programação da 32ª Semana Luís Antonio Martinez Corrêa, neste domingo (06 de setembro), apresenta o podcast “Luís e tantos outros Aracoaras” e a Cena Curta “Rádio ReViva”, além das fotonovelas “A dor de Geni” e “Luís Antonio: florescer em ¼ de colagem”.

Em formato digital, a programação segue até 12 de setembro no canal da Prefeitura de Araraquara no Youtube ou pelos links disponibilizados nas suas redes sociais. “O palco em casa: tempo e afeto” é o mote que comanda o evento, sob a curadoria de Flávia Marquetti.

A programação digital vem composta por lives com Cafés de Investigação (bate-papos e debates), apresentações cênicas, leituras dramáticas, Cenas Curtas, podcasts, fotonovelas e vídeos, e pode ser conferida nos canais de comunicação da Prefeitura de Araraquara.

No domingo, o podcast “Luís e tantos outros Aracoaras” será apresentado às 20 horas, com classificação para 14 anos. A produção da Kasel apresenta Eduardo Pires (idealização, texto, voz e direção) e Lívia Cabrera (captação e edição). Esta experiência binaural, realizada a partir de um podcast-performance, explora os corpos viados, arquivados e evitados de Araraquara. É um breve convite para sentir o seu corpo e perceber o do outro, testemunhando o Luís e tantos outros Aracoaras que os anti-corpos querem ver cancelados.

A atriz Marcela Barbosa, do GUTE (Grupo Urutau de Teatro Experimental), é responsável pela criação, produção e atuação da Cena Curta “Rádio ReViva”, com classificação livre. Na programação da Rádio ReViva haverá a oportunidade de viver: uma homenagem a Edna Portari e Luís Antônio, e o amor e carinho de amigos pelo teatro araraquarense, pela arte e por Araraquara.  As luzes se acendem e a Saúde, personagem da rádio, está presente para iluminar uma programação especial, com direito a músicas, lembranças e animações, pertencentes ao universo radiofônico.

Também, durante toda a 32ª Semana Luís Antonio, serão disponibilizadas duas fotonovelas no Facebook do Município de Araraquara: “A dor de Geni”, com Maria da Maré, e “Luís Antonio: florescer em ¼ de colagem”, com o grupo Quarteto em Do(r) Menor.

Em “A dor de Geni”, a atriz Maria da Maré lembra que Geni, conhecida pela aparição icônica na peça “Ópera do Malandro”, de Chico Buarque, com direção de Luís Antônio Martinez Corrêa, sempre foi uma travesti. O que ninguém nunca viu, ou pelo menos, nunca quis ver, era a dor que ela carregava. Na fotonovela, a atriz Maria da Maré usa o banheiro como palco e retrata a pele que rasga e o estômago que sente o que só uma travesti sabe. Ao tentar se adequar às expectativas, talvez, ela não seja piada e chacota diariamente.

Já “Luís Antônio: Florescer em 1/4 de colagem”, com o Grupo Quarteto em Do(r) Menor, apresenta uma história de Luís Antonio Martinez Corrêa adolescente e de seu quarto com uma parede adornada com colagens daquilo que ele mais gostava. Daniel Marcondes, Paula Marcondes, Rafael Muniz Pacchiega e Tânia Gomes Mendonça realizam um mergulho na juventude de Luís.

SERVIÇO: 

32ª Semana Luís Antonio Martinez Corrêa 

Dia: domingo (06 de setembro)

Local: canal da Prefeitura de Araraquara no Youtube ou pelos links disponibilizados nas suas redes sociais

Programação: 

20h – PodCast – “Luís e tantos outros Aracoaras”

Idealização, texto, voz, direção: Eduardo Pires

Captação e edição: Lívia Cabrera

Classificação: 14 anos

20h30 – Cena Curta – “Rádio ReViva”

Criação, produção e atuação: Marcela Barbosa do GUTE (Grupo Urutau de Teatro Experimental)

Classificação: Livre

+ Fotonovelas: “A dor de Geni”, com Maria da Maré, e “Luís Antonio: florescer em ¼ de colagem”, com o grupo Quarteto em Do(r) Menor (local: Facebook do Município de Araraquara)