Mulher grávida morre em capotamento na Vicinal entre Araraquara e Gavião Peixoto

Motorista estaria supostamente alcoolizado e foi acusado de atropelar um ciclista antes do acidente

234

A moradora de Araraquara, Letícia Cirilo Pires, de 27 anos, perdeu a vida ao se envolver em um acidente de trânsito na noite dessa terça-feira (12), na Rodovia Vicinal Doutor Nelson Barbieri, entre Araraquara e Gavião Peixoto. Letícia, que estava grávida de 2 meses, foi esmagada pela lataria do carro.

Segundo o Boletim de Ocorrência, além da vítima fatal, estavam no carro os dois filhos do casal, de 4 e 10 anos, e o marido da vítima que conduzia o VW/Fox, com placas de Araraquara. Logo depois de passar pelo perímetro urbano de Gavião Peixoto a caminho de Araraquara, por motivos desconhecidos, o condutor perdeu o controle da direção e o carro capotou em uma curva.

Momentos antes, um carro com as mesmas características havia sido denunciado por um ciclista, que foi atropelado alguns quilômetros antes. Uma equipe da Polícia Militar que patrulhava a estrada se deparou com o acidente e acionou o socorro médico. O motorista e as crianças sofreram apenas ferimentos leves. Já Letícia foi socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

O condutor do veículo se recusou a fazer o exame do bafômetro e a realização do exame clínico também não foi possível porque ele foi encaminhado para atendimento médico pelas equipes de socorro. Porém, para as autoridades presentes na ocorrência, ele estava visivelmente embriagado.

A Polícia Científica realizou a perícia no local do acidente que deve ser investigado pela Polícia Civil.