Média de passageiros transportados nos ônibus diminuiu 68,3% durante pandemia

Segundo informações da Controladoria do Transporte de Araraquara, houve redução de 48% nas viagens diárias

17

No dia 5 de março, a Bancada do Patriota, formada pelos vereadores Marcos Garrido, Marchese da Rádio e Carlão do Joia, encaminhou à Prefeitura o Requerimento nº 190/2021, solicitando à Controladoria do Transporte de Araraquara (CTA) informações e documentos sobre qual era a frota de veículos de transporte coletivo urbano municipal de passageiros, ofertados pelas empresas Viação Paraty e Empresa Cruz por meio do Consórcio Araraquara de Transportes (CAT), ao final de dezembro de 2019, data anterior a pandemia. O mesmo pedido também foi feito para o período durante o ano de 2020 e a partir de janeiro de 2021, bem como quais eram as linhas disponibilizadas e horários ofertados aos passageiros nas mesmas épocas.

No entendimento dos parlamentares, o transporte coletivo é essencial para milhares de cidadãos por diferentes motivos, como trabalho, busca por atendimento médico e compras indispensáveis, sendo que, para prevenção de contágio e transmissão do coronavírus, há recomendação atual para os veículos operarem com 50% de capacidade. Considerando isso, seria necessário o aumento da oferta de transporte para suprir essa limitação e atender a demanda dos usuários.

Para Garrido, líder da bancada do Patriota na Câmara, essas informações eram importantes para compreender, de fato, se houve ou não a diminuição de linhas. “Caso isso tenha ocorrido, tomaremos as providências pertinentes no âmbito legislativo ou até mesmo jurídico”, afirmava o vereador.

Em resposta, o diretor-presidente da CTA, Nilson Carneiro, informou que no ano de 2019, anterior à pandemia, existiam 39 linhas, sendo 30 delas operadas pelo Consórcio Araraquara de Transportes (CAT) e nove pela Viação Paraty Ltda. “Nesta operação, tínhamos 1.171 partidas diárias realizadas e eram transportados cerca de 1.112.421 passageiros por mês, com uma média de 37 mil passageiros por dia”, detalha o representante da Controladoria.

Segundo Carneiro, nos anos de 2020 e 2021, durante a pandemia, “passamos a ter 30 linhas, sendo 24 delas operadas pelo CAT e seis pela Viação Paraty Ltda. Esta alteração foi possível com o realinhamento logístico das linhas, tomando algumas diametrais e outras radiais. Nesta operação, temos a realização de 612 viagens diárias (redução de 48%) e são transportados em média 351.470 passageiros por mês, com uma média de 11,7 mil passageiros por dia (redução de 68,3%)”.

O diretor-presidente lembrou que os horários dos ônibus estão disponibilizados no site www.ctaonline.com.br e encaminhou comparativo entre os números de passageiros desde o ano de 2017.