Márcia Lia participa de painel no Fórum Social Mundial

Deputada fala sobre “mulheres assentadas e direitos humanos” e das experiências de seu mandato no apoio à agricultura familiar

22

A deputada estadual Márcia Lia participou, na tarde desta sexta-feira, 29, do Fórum Social Mundial – painel Direitos Humanos em Tempos de Pandemia – Questões de Gênero, Saúde Mental e o Papel dos Organismos Internacionais. Dentro do tema Mulheres assentadas e direitos humanos, Márcia Lia destacou o trabalho parlamentar de seu mandato, para além da formulação de legislação.

“Nosso mandato tem auxiliado na organização coletiva das mulheres assentadas, que trabalham muito, produzem, mas não estão organizadas para agregar valor ao que colhem e produzem”, afirma, lembrando de exemplos como a das assentadas do Córrego Rico, em Jaboticabal, do Bela Vista do Chibarro, em Araraquara e da associação de mulheres em Euclides da Cunha Paulista, no Pontal do Paranapanema, que incrementaram a produção de alimentos com tratoritos adquiridos por meio de emenda parlamentar.

Além da deputada participaram do painel Eleonora Menicucci de Oliveira – ex-ministra de Políticas para as Mulheres do governo Dilma e Profa. Titular Sênior da Unifesp; Aparecida Gonçalves – ex-Secretária Nacional do Enfrentamento à Violência contra as Mulheres; Eduardo Pinto e Silva – Psicólogo, Prof. Dr. Departamento de Educação-UFSCAR; e Murilo Vieira Komniski – Diplomata, Professor membro do GRAM (Grupo de Pesquisa sobre Ações Multilaterais) da Universidade SciencesPo Paris.

Márcia Lia lembrou do abandono das políticas públicas que, nos governos Lula e Dilma, fortaleceram a produção de alimentos nos assentamentos da reforma agrária e entre os agricultores familiares. “Não há vontade nem compromisso dos governos como o de São Paulo e o do Brasil em fomentar PNAE, PAA… No ano passado, fizemos várias propostas no sentido de proteger esses trabalhadores com linhas de crédito de baixo custo, mas quase nada se efetivou”, critica.

A deputada lembrou que os direitos humanos estão inseridos na luta diária por moradia, saneamento básico, educação e saúde públicas de qualidade. Destacou ainda as Frentes Parlamentares que coordena na Assembleia Legislativa, como em defesa da moradia, da reforma urbana e regularização fundiária; em defesa da democracia e dos direitos humanos; em defesa da agricultura familiar, reforma agrária, segurança alimentar e regularização fundiária, além da que debate a situação das barragens no estado de SP.

O Fórum Social Mundial foi aberto no último dia 23 com o painel global ‘Qual o mundo que queremos hoje e amanhã? – Não é o mundo de Davos!’, com a presença do ex-presidente Lula e de outras autoridades mundiais, e segue até o dia 31 de janeiro.

Assessoria de Comunicação da deputada estadual Márcia Lia

(16) 3311-1300 (Araraquara)

(11) 3886-6614 (São Paulo)

(16) 99781-8013 / (16) 99732-7013

Veja mais:
Site www.marcialia.com.br

Facebook @marcialia

Twitter @marcialiapt13

Instagram @marcialiapt13