Maio registra aumento de mais de 110% nos óbitos por Covid-19 frente à média da pandemia em Araraquara

Dados dos Portal da Transparência dos Cartórios de Registro Civil revelam ainda que a cidade teve crescimento de mortes pela doença na comparação com o mesmo mês do ano passado

23

Com o terceiro pior número de mortes desde o início da pandemia da Covid-19 em Araraquara, o mês de maio mostrou que os números da doença ainda estão longe de estarem controlados. Se comparados com a média de óbitos causados pelo novo coronavírus desde a chegada da doença na cidade, o mês que se encerrou registrou aumento de 113,6% no número de falecimentos, atingindo a marca de 67 mortes, frente a uma média de 33.

Os números de maio só são melhores quando comparados com os de março e fevereiro deste ano, respectivamente o primeiro e segundo piores meses da pandemia em Araraquara. Na comparação com março, maio aponta queda de 48,1% no número de óbitos, enquanto que na comparação com abril, houve aumento de 24,1%. Em números absolutos, maio registrou 67 óbitos causados pelo novo coronavírus, março 129, e abril 54.

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), e podem ainda sofrer mudanças, uma vez que o prazo legal para envio de óbitos à plataforma nacional pode chegar a até 12 dias do falecimento.

“Com os dados do Portal da Transparência, podemos visualizar a real situação que estamos enfrentando”, explica a presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen/SP), Daniela Silva Mroz. “Mesmo os óbitos tendo diminuído no mês de maio, os números ainda são altos quando comparados aos dados dos meses de 2020”, destaca.

Maio/20 x Maio/21

Um ano depois, maio de 2021 registrou um aumento de 1.240% dos óbitos em Araraquara em comparação com o mesmo mês de 2020. Em números absolutos foram 67 mortes no mês passado frente a 5 em maio do ano passado. Já o Estado de São Paulo registrou aumento de 123,9% nos óbitos por Covid na comparação com o mesmo mês de 2020. Em números absolutos foram 14.815 mortes por Covid-19 no mês passado frente a 6.615 em maio do ano passado.

No Estado de São Paulo, maio registrou o terceiro maior número de mortes desde o início da pandemia da Covid-19. Se comparados com a média de óbitos causados pelo novo coronavírus desde a chegada da doença no Estado, o mês que se encerrou registrou aumento de 87% no número de falecimentos, atingindo a marca de 14.815 mortes, frente a uma média de 8.530.

Sobre a Arpen/SP

Fundada em fevereiro de 1994, a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen/SP) representa os 836 cartórios de registro civil, que atendem a população em todos os 645 municípios do Estado, além de estarem presentes em outros 169 distritos e subdistritos, realizando os principais atos da vida civil de uma pessoa: o registro de nascimento, casamento e óbito.