Lucas Grecco: Empregos para diminuir a desigualdade social em Araraquara

“Entendo que deveria ter um diálogo melhor do Executivo com setores da sociedade, pois teríamos grande avanço tanto na parte econômica quando na situação epidemiológica do município”, acredita o vereador do PSL

56

José Augusto Chrispim

O Jornal O Imparcial dá sequência nesta edição às entrevistas com os vereadores de Araraquara. O edil em destaque é Lucas Mateus Grecco (PSL). Lucas Grecco, de 60 anos, é comerciante e membro da comunidade evangélica. Ele foi reeleito na última eleição para seu segundo mandato, com 640 votos.

Nascido em Araraquara, Grecco deu início a sua trajetória política no ano de 2004, quando disputou a sua primeira eleição. Em 2008 ficou como suplente, já em 2009 e 2010 assumiu a coordenadoria executiva do DAAE, até finalmente assumir a vaga de vereador em 2011, como suplente e, em 2016 ser eleito vereador pela primeira vez. “Quanto a minha experiência política, posso dizer que os anos como vereador foram benéficos para mim, pois pude aprender a cada dia como bem representar os munícipes da nossa querida morada do sol”.

Veja a entrevista na íntegra:

O Imparcial: Quais são suas expectativas para seu segundo mandato como vereador?

Grecco: “As melhores possíveis, desde 2011 estamos trabalhando com afinco lutando em todos os momentos para construir uma cidade melhor. Todos sabem a limitação do vereador, por exemplo, não pode criar leis que onerem o município ou executar obras, no entanto, mesmo com essas limitações temos fiscalizado bastante o Executivo ao ter elaborado mais de 500 requerimentos, centenas de indicações dos munícipes atendidas além de conseguirmos a aprovação de várias leis importantes de nossa autoria tais como: A obrigatoriedade da coleta seletiva dos condomínios residenciais, comerciais e industriais; A obrigatoriedade da publicação eletrônica da lista de pacientes que aguardam por consultas médicas e cirurgias na rede pública de saúde do Município; A implementação de sistema eletrônico de alarme detector de gás em restaurantes e similares, dentre outras”.

O Imparcial: “Em que áreas você pretende atuar? Quais bandeiras você defende?

Grecco: “Pretendo, na medida do possível, diminuir a desigualdade social em nossa cidade, é muito triste ver nas periferias as pessoas passando por extrema dificuldade financeira, dessa forma vamos lutar para trazer empresas para nossa cidade e diminuir o desemprego. Não somente isso, nosso mandato terá como foco a zeladoria, educação e a saúde do município”.

O Imparcial: Quais projetos você pretende implantar em seu atual mandato?

Grecco: “Buscar novos investidores para a nossa cidade, desta forma conseguiríamos minimizar o desemprego. Iremos também buscar emendas parlamentares junto aos Deputados Federais e Estaduais, como fizemos no mandato anterior. E não somente isso, tenho alguns projetos de lei em mente que com certeza irão contribuir para o melhor desenvolvimento da nossa cidade”.

O Imparcial: Como você vê a atuação do Legislativo em relação ao combate à pandemia do coronavírus em Araraquara? O que pode melhorar?

Grecco: “Vale a pena salientar que todas as medidas, como decretos e leis para o combate à pandemia são de competência do Executivo. No Legislativo, todos os projetos enviados sobre este prisma foram aprovados, desse modo, nós vereadores estamos imbuídos no mesmo ímpeto em querer o melhor para a cidade. Bom, para melhorar, como disse anteriormente cabe a nós nos esforçarmos para conseguir emendas parlamentares para o município, assim ajudamos a construir novos leitos”.

O Imparcial: Como você vê a atuação do Executivo no combate à pandemia do coronavírus em Araraquara?

Grecco: “Sinceramente, é difícil dimensionarmos a gravidade da situação quando estamos dentro do olho do furacão, tenho visto acertos e erros o que é perfeitamente compreensível, entendo que para melhorar deveria ter um diálogo (por meio de mecanismos digitais) melhor do Executivo com setores da sociedade, com isso certamente teríamos grande avanço positivo tanto na parte econômica quando na situação epidemiológica do município. Ainda assim confio muito no profissionalismo da Dra. Eliana Honain, dos profissionais de saúde e do comitê de contingência que não têm medido esforços para tentar diminuir a curva de contágio do novo coronavírus, mas creio que é possível melhorar, pois quando nos unimos somos mais fortes”, finalizou o vereador do PSL.