Lineu de Assis quer a volta da Guarda Mirim e projetos para os idosos

‚ÄúCovardemente, os interesses pol√≠ticos, est√£o sobrepondo aos de sa√ļde, aos de salvar vidas em Araraquara‚ÄĚ, acredita o vereador do Podemos que defende o ‚Äėtratamento precoce‚Äô da Covid-19

108

José Augusto Chrispim

O jornal O Imparcial publica nesta edi√ß√£o a entrevista com o √ļltimo dos 18 vereadores da C√Ęmara Municipal de Araraquara. Na s√©rie de entrevistas realizada, os 18 atuais vereadores falaram sobre suas expectativas e, em quais √°reas pretendem atuar, al√©m de fiscalizar o Executivo.¬†O vereador em destaque √© o publicit√°rio Lineu Carlos de Assis, o Lineu WL, de 67 anos, que foi eleito com 595 votos nas √ļltimas elei√ß√Ķes. Lineu √© o primeiro vereador eleito pelo partido Podemos em Araraquara. Ele integra o grupo ‚ÄúG7‚ÄĚ que faz oposi√ß√£o ao prefeito Edinho Silva (PT).¬†Lineu conta que √© publicit√°rio, jornalista e rela√ß√Ķes p√ļblicas por forma√ß√£o¬†acad√™mica e p√≥s-graduado em Ger√™ncia de Marketing. Ele mant√©m a¬†ag√™ncia de publicidade ‚ÄėW&L Publicidade‚Äô, h√° 43 anos.¬†‚ÄúNo jornalismo, atuei no Jornal O Imparcial nos anos de 1975/1976.¬†Nunca atuei no pol√≠tica, enquanto exerc√≠cio do cargo, √© a primeira¬†vez que o fa√ßo, como a minha elei√ß√£o para vereador, atrav√©s do¬†partido Podemos. Entendo a ci√™ncia pol√≠tica, como teoria, maravilhosa… infelizmente, a pr√°tica da mesma, pela grande maioria do que se habilitam, a jogam na vala comum. Quero fazer a diferen√ßa e pratic√°-la como a¬†sua teoria nos apresenta‚ÄĚ, ressalta.¬†Veja quais s√£o as expectativas e as propostas para seu primeiro mandato como vereador de Araraquara.

O Imparcial: Quais são suas expectativas para seu primeiro mandato como vereador?

Lineu: ‚ÄúEntendo como altamente positivas, estou otimista. Transpar√™ncia, √©tica n√£o me s√£o dif√≠ceis de praticar, quem me conhece, sabe da minha forma de ser, e meus 67 anos de vida, est√£o a√≠, para comprovar. E que fique claro, s√£o obriga√ß√Ķes e n√£o virtudes. Sei que teremos barreiras, principalmente pelo exerc√≠cio, enraizado, da velha pol√≠tica, com os tradicionais ‚Äútoma l√°, d√° c√°‚ÄĚ. Jamais atenderemos interesses individuais e de ‚Äúgrupinhos‚ÄĚ. A pr√°tica saud√°vel, da maravilhosa ci√™ncia pol√≠tica, √© o que nos norteia‚ÄĚ.

O Imparcial: Além de fiscalizar o Executivo, em que áreas você pretende atuar? Quais bandeiras você defende?

Lineu: ‚ÄúAs premissas b√°sicas do vereador s√£o Legislar, Representar e¬†Fiscalizar, √© assim que serei. Temos sempre que trabalhar pelo coletivo. Na minha posse j√° tinha dito; ‚ÄúTodo projeto, venha de onde vier, tendo transpar√™ncia, conte√ļdo e que busque o coletivo, ter√° meu apoio‚ÄĚ.

Como seria:¬†Apresentar leis de interesse coletivo, sempre.¬†Fiscalizar o prefeito, secret√°rios e autarquias.¬†Vereador, n√£o √© Assistente Social, essa pr√°tica ficou enraizada, pelo¬†p√©ssimo exerc√≠cio da velha pol√≠tica‚ÄĚ.

O Imparcial: Quais projetos você pretende implantar em seu mandato?

Lineu: “Entre muitas, e elas vão surgindo no dia a dia do exercício do cargo. Tenho duas bandeiras de campanha:

A volta da Guarda Mirim, escola de civismo, de encaminhamento aos bons costumes e a implanta√ß√£o do projeto ‚ÄúLa√ßos de amor eterno‚ÄĚ, onde as

pessoas idosas, invariavelmente colocadas √† margem da sociedade, pudessem ter atividades, se sentirem √ļteis e transmitirem suas experi√™ncias aos mais jovens‚ÄĚ.

O Imparcial: Como você vê a atuação do Legislativo em relação ao combate à pandemia do coronavírus em Araraquara? O que pode melhorar?

Lineu: “Poderia ser melhor. Está se aceitando pacificamente os erros do

Executivo nas imposi√ß√Ķes absurdas, nas atitudes dessa pandemia. Os interesses partid√°rios e de ‚Äúgrupinhos‚ÄĚ sobrep√Ķe aos interesses do povo.

Esquecem que somos representantes dos mun√≠cipes, mas o ‚Äúajoelhar‚ÄĚ aos desejos da Administra√ß√£o Municipal √© o que impera da grande maioria‚ÄĚ.

O Imparcial: Como você vê a atuação do Executivo no combate à pandemia do Coronavírus?

Lineu: ‚ÄúNecessita de revis√£o urgente… As medidas mitigadoras n√£o atingiram a efic√°cia plena, conforme estabelece o show midi√°tico do executivo nos grandes √≥rg√£os de imprensa.

Vou discorrer alguns pontos:

Covardemente, os interesses pol√≠ticos, est√£o sobrepondo aos de¬†sa√ļde, aos de salvar vidas. Segundo a fala da Secret√°ria da Sa√ļde, a enfermeira Eliana Honain, junto ao portal Cidade On ‚ÄúAraraquara n√£o realiza tratamento precoce‚ÄĚ. Por que o tratamento precoce ao combate a COVID 19, n√£o foi adotado por Araraquara? Por n√£o ter comprova√ß√£o cient√≠fica? Ah! o lockdown j√° tem comprova√ß√£o cient√≠fica, o robusto estudo¬†cient√≠fico de renomados cientistas da Universidade de Stanford -Calif√≥rnia, concluiu pela inexist√™ncia de benef√≠cios relevantes no¬†combate ao coronav√≠rus, com a ado√ß√£o de medidas de fechamento de neg√≥cios. N√£o foram encontrados benef√≠cios significativos, aumentando o n√ļmero de mortes. No Brasil o estudo se confirma atrav√©s da Universidade Federal de Pernambuco. At√© o momento n√£o h√°, no mundo, um novo estudo que comprove a efic√°cia do lockdown, a n√£o ser aumentar as mortes f√≠sicas e comerciais. Por que o show midi√°tico e os meios de comunica√ß√£o nacional, insandecidamente se prostram frontalmente a OMS?. Me provem… vamos me provem que funciona!!! O tratamento precoce, em todas as cidades que foi adotado, est√° demonstrando com n√ļmeros exatos a sua efic√°cia. Me provem onde e como ele ocasionou preju√≠zos √† sa√ļde, de quem adotou… mostrem-me… vamos… um √ļnico caso. Not√°veis e estudiosos m√©dicos defendem o mesmo. O tratamento precoce √© regido por acompanhamento m√©dico, e n√£o por leigos. Porto Feliz, aqui no interior do estado, que adotou de imediato, tem o menor √≠ndice de mortalidade do pa√≠s, 0,13. Vejam B√ļzios/RJ, Cascavel/PR… e outras cidades mais. Sorocaba¬†e Limeira, s√£o exemplos recentes de ado√ß√£o. Chega de politicagem genocida… chega de colocarmos os interesses pol√≠ticos acima dos interesses de salvar vidas. Salvar vidas em Araraquara √© um mantra, meramente po√©tico, mas nunca colocado em pr√°tica. Por que n√£o adot√°-lo explicitamente, quando sabemos, que nos subterr√Ęneos ele foi adotado nos √ļltimos dias. Sabe por que? Sabe por que? Repito… pois, covardemente, essa omiss√£o, √© para valorizar uma mentira… chamada lockdown, implantada em Araraquara, que at√© ent√£o ceifou vidas, antes medicadas com Dipirona, e 5 dias, posterior, estavam debilitadas, muitas j√° a¬†beira da morte. O folhetim mentiroso vale mais… quem sabe soltem, mais uma vez, aos quatro cantos do pa√≠s mais uma not√≠cia fake, como o¬†fizeram em janeiro, quando dizia-se: ‚ÄúAraraquara √© exemplo¬†de combate a Covid, nos cen√°rios estadual, nacional, e at√© internacional, atrav√©s de uma revista francesa‚ÄĚ. Lockdown n√£o tem comprova√ß√£o cient√≠fica alguma… provem-me, repito mais uma vez. O tratamento precoce, v√£o responder aqui em Araraquara, tamb√©m n√£o tem. Oras, como explicar o sucesso, os n√ļmeros exatos, em todas as cidades que o adotaram? Sugiro que a Administra√ß√£o Municipal, notadamente a sua √°rea de sa√ļde, estudem, se aprofundem com rela√ß√£o ao tratamento precoce. Medicina requer estudos di√°rios, √© uma ci√™ncia que a cada instante se inova, exige-se estudos di√°rios. N√£o se admite, no caso, defender, cegamente, objetivos meramente pol√≠ticos, ignorando o ser humano, sua sa√ļde!!! Vou exemplificar… voc√™ est√° num avi√£o… ele come√ßa a cair… v√™em uma caixa com paraquedas, que n√£o foram testados pelo¬†INMETRO. Pergunto: ‚ÄúVoc√™s preferem n√£o pegar o paraquedas,¬†pois n√£o foi testado pelo INMETRO ou peg√°-lo e utiliz√°-lo?‚ÄĚ. Chegou a hora de derrubar a m√°scara desses coveirocratas disfar√ßados de autoridades.¬†E que tamb√©m fazer eles pagarem, na cadeia, pelo caos nos hospitais e na economia do Brasil.¬†Em tempo: Voltando a Araraquara, em 2019, como em todos os anos, tivemos a Epidemia de Dengue, os n√ļmeros, que n√£o s√£o meus, mas da¬†Prefeitura Municipal, deram conta de 05 √≥bitos e 23.457 infectados… ao nosso lado, √† 40 km, temos S√£o Carlos, no mesmo per√≠odo, n√£o tivemos nenhum √≥bito e aproximados 2.000 infectados. Reflitam… com a palavra as autoridades locais‚ÄĚ, destacou o vereador do Podemos.