Levantamento do Detran.SP aponta redução de 43,6% nos óbitos em acidentes com bicicletas no Estado

Na data em que se comemora o Dia Nacional do Ciclista, dados do Infosiga mostram queda de 39 para 22 fatalidades na modalidade de transporte

21

Na data em que se comemora o Dia Nacional do Ciclista (19 de agosto), levantamento elaborado pelo sistema Infosiga do Respeito à Vida, programa do Governo de São Paulo gerenciado pelo Detran.SP, mostra que houve uma queda no número de óbitos envolvendo ciclistas no Estado.

 Na comparação entre os meses de julho de 2020 e julho de 2021, a redução nos mortes de ciclistas em São Paulo foi de 43,6%, caindo de 39 para 22. No acumulado dos sete primeiros meses do ano passado e deste ano também se verificou uma diminuição de 15,2% nas fatalidades, de 237 em 2020 para 201 em 2021.

De acordo com William Cruz, idealizador do projeto Vá de Bike, mais do que uma comemoração, essa é uma data para reflexão sobre nossas atitudes no trânsito e para se pensar em maneiras de aumentar a segurança de quem pedala nas ruas e estradas. “É importante também para se promover o uso da bicicleta, já que ela representa um meio de transporte sustentável e que contribui para redução das poluições atmosférica e sonora, diminuição de mortes no trânsito, alívio das redes de transporte coletivo e alívio dos congestionamentos”, afirma.

 O cabo da PM Carlos Eduardo Drago, de 38 anos, pedala 10 km diariamente, de sua casa na Aclimação até seu local de trabalho no centro de São Paulo. “Começou como necessidade de locomoção para ir ao trabalho, mas acabei gostando porque é um exercício que ajuda no desempenho, dá mais disposição no meu o dia a dia”. Drago ressalta a importância do uso pelos ciclistas dos equipamentos de segurança na prevenção de acidentes, como capacete e iluminação sinalizadora.

Homenagem

A data de 19 de agosto foi estabelecida como Dia Nacional do Ciclista em memória ao ciclista brasiliense Pedro Davison, de 25 anos, que foi atropelado em 2006 enquanto pedalava no Eixo Sul. Em novembro de 2017, por meio da Lei Federal 13.508, a data foi oficializada.

A Associação Nacional dos Detrans (AND), presidida pelo diretor-presidente do Detran.SP, Neto Mascellani, destaca em seu site que “o Dia Nacional do Ciclista também é importante para promover o uso da bicicleta, um meio de transporte sustentável e viável”. “O Dia Nacional do Ciclista é um convite a todos para que façam uma reflexão profunda das atitudes que cada um toma diariamente e, diante disso, um marco da busca incessante para tornarmos o trânsito de nosso País mais seguro”, afirma Neto.

Outros modais

Ainda de acordo com os dados do Infosiga, o Estado de São Paulo registrou uma queda de 5,4% nos acidentes fatais envolvendo pedestres na comparação dos setes primeiros meses de 2020 e 2021, passando de 629 para 595 ocorrências. No comparativo entre os meses de julho dos dois anos houve um aumento de 1,1%, de 92 para 93 casos.

As ocorrências de óbitos em acidentes com ocupantes de automóveis caíram 4,5% no comparativo entre julho de 2020 e julho de 2021, de 110 para 105, mas tiveram aumento no acumulado dos sete primeiros meses do ano, de 628 para 686. Já os óbitos registrados em acidentes com motociclistas aumentaram 5,9% no acumulado entre janeiro e julho de 2020 e 2021, de 1.026 para 1087 casos.