Lei que cria a Semana Municipal do Circo e Artes Circenses é sancionada

Projeto é de autoria da vereadora Fabi Virgílio (PT) e homenageia os artistas dessa classe cultural

11

A lei que institui e inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Araraquara a Semana Municipal do Circo e das Artes Circenses, de autoria da vereadora Fabi Virgílio (PT) e aprovada pela Câmara Municipal, foi sancionada pelo prefeito Edinho.

A data comemorativa será sempre na última semana do mês de março. A semana municipal será celebrada por meio de encontros, oficinas, palestras, rodas de conversa, exposições, atividades e outros eventos.

“A Semana Municipal do Circo e Artes Circenses traz reconhecimento e visibilidade a uma categoria cultural tão bonita e importante, que possui uma tradição e uma história muito ricas. Parabéns à vereadora Fabi Virgílio pela iniciativa e a todos os artistas circenses pela aprovação deste projeto de lei na Câmara Municipal, que, agora sancionado, vira lei em Araraquara”, afirmou Edinho.

Para a vereadora, a nova lei reconhece uma área de atuação muitas vezes esquecida. “O circo ainda não integrava o calendário de eventos do município. A lei é importante para dar visibilidade a essa categoria tão importante, utópica e imagética, presente na nossa memória afetiva”, disse Fabi Virgílio.

Presente no ato de sanção, o artista Dênis Pimentta, que esteve na Prefeitura caracterizado como Palhaço Cururu, lembrou que as artes circenses incluem não somente o circo de lona, mas também o equilibrismo, malabares, acrobacias, tecidos, pernas de pau, mágicas, entre outras atividades.

“Nós tínhamos semanas comemorativas de várias linguagens. Teatro, sapateado, dança. É importante o circo também marcar o calendário cultural de Araraquara. A lei vem suprir uma demanda dos artistas circenses da cidade”, afirmou Pimentta.