Jovem acusado de participação na morte de Glaucinéia é preso

O rapaz, de 21 anos, é namorado da filha da moradora da casa onde o corpo da vítima foi encontrado

521

A Polícia Civil prendeu o segundo homem envolvido na morte de Glaucinéia Souza Dias, de 43 anos. Eduardo Novaes, de 21 anos, é namorado de uma adolescente, filha da dona da casa, onde o corpo da vítima foi localizado dentro de um tambor, nessa segunda-feira (1). Glaucineia foi morta e esquartejada dentro de uma casa localizada na Rua Américo Cambiaghi, no Jardim Cambuy, em Araraquara.

O acusado de matar e esquartejar Glaucinéia, André Luiz Marconi, de 53 anos, foi preso na segunda-feira. Ele confessou ter matado e esquartejado a vítima devido a uma dívida de drogas que ela tinha com ele.

Já Eduardo é namorado da filha de Jaqueline, que é proprietária da casa onde o crime foi cometido. A polícia acredita que os três também tiveram participação na tentativa de ocultação do cadáver. Jaqueline já havia sido detida na segunda-feira, depois de ligar para a polícia e relatar que havia um corpo em sua casa.

O crime

Na tarde da segunda-feira (1), o corpo de Glaucinéia foi encontrado esquartejada dentro de um tambor, em uma residência localizada na Rua Américo Cambiaghi, no Jardim Cambuy.

O crime havia sido cometido na sexta-feira (29), depois de uma briga motivada por uma dívida que a vítima teria com o assassino. Após o crime, a casa foi lavada, com forma de eliminar vestígios de sangue.

Vizinhos relataram que a residência era frequentada por moradores de rua e traficantes e era usada para consumo de drogas.

A Polícia agiu rapidamente e conseguiu deter André que confessou o crime.

Manifestação

Neste domingo (7), amigos e parentes de Glaucinéia farão uma passeata pela ‘Paz e Justiça’ em homenagem a ela.

O evento terá início às 9h na Avenida Rolando Lupo, 1218, e seguirá até a Praça do Faveral.