Irmãos são presos acusados de participar de morte de homem à pauladas no Iedda

José Marciano dos Santos Silva, de 45 anos, foi morto por um grupo de pessoas na rua, na noite dessa terça-feira (26)

269

A Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), esclareceu a autoria da morte à pauladas de um homem identificado como José Marciano dos Santos Silva, de 45 anos, na noite dessa terça-feira (26), na rua dos Eletricitários, no Jardim Iedda, em Araraquara. A DIG prendeu dois irmãos acusados de participação no linchamento da vítima.
Segundo o apurado, os irmãos, de 22 e 28 anos, foram presos na noite desta quarta-feira (27) e, durante o interrogatório, acabaram confirmando o envolvimento no crime. A dupla alegou que a motivação do crime seria devido à agressões e ameaças feitas por Marciano que teriam revoltado populares que passaram a agredi-lo com pedras e pedaços de madeira até a morte.
Uma equipe do SAMU foi acionada, mas já encontrou a vítima sem vida. Marciano não tinha residência fixa, era usuário de drogas e álcool. A polícia não conseguiu encontrar a família dele. Os irmãos devem responder por homicídio qualificado.