Início de abril tem queda de 80% nos óbitos por Covid-19 em Araraquara

São 16 mortes causadas pela doença de 1º a 14 de abril contra 81 entre 1º e 14 de março

63

Os primeiros 14 dias do mês de abril registram queda de 80% no número de óbitos causados pela Covid-19 em Araraquara, em comparação com os primeiros 14 dias de março. Foram 81 mortes nas duas primeiras semanas de março contra 16 registradas de 1º de abril até esta quarta-feira (14).

A redução reflete as medidas rígidas de isolamento social adotadas pela Prefeitura após a identificação da circulação da variante P.1. do coronavírus na cidade, incluindo o lockdown realizado de 21 de fevereiro a 2 de março. Todas as estatísticas da Covid-19 despencaram depois do lockdown: média móvel de novos casos, pessoas contaminadas em quarentena, internações, óbitos e porcentagem de amostras positivadas.

Quando as mortes são separadas por semana epidemiológica, fica ainda mais evidente como o isolamento social salvou vidas em Araraquara.

A semana com mais óbitos foi de 1º a 7 de março, com 42 vítimas fatais. Nas semanas seguintes, esse número foi caindo — 39 (8 a 14/3), 26 (15 a 21/3), 17 (22 a 28/3) e 10 (29/3 a 4/4). A semana passada (5 a 11/4) foi concluída com 9 óbitos, uma redução de 78% em relação à primeira semana de março.

Os casos por semana também apresentaram trajetória de queda: 1.327 entre 15 e 21/2, 1.120 entre 22 e 28/2, 945 entre 1º e 7/3, 640 entre 8 e 14/3, 564 entre 15 e 21/3, 438 entre 22 e 28/3 e 398 entre 29/3 e 4/4. Na semana passada (5/4 a 11/4) houve pequeno aumento para 464.

Nesta quarta-feira (14), a média móvel de casos de Covid-19 nos últimos sete dias é de 57 por dia, uma queda de 70% em relação aos 189 casos diários de média no início do lockdown, em 21 de fevereiro.

Os pacientes contaminados e em isolamento domiciliar (quarentena) são 391, segundo o boletim mais recente do Comitê de Contingência do Coronavírus. Quando comparado com o pico (1.512, em 21/2), a queda é de 74%.

Em relação à ocupação de leitos hospitalares, a redução do total de internados em hospitais públicos e privados de Araraquara é de 34% entre o pico de internações (247 em 25 e 26/2) e esta quarta-feira (162 pacientes). Além disso, praticamente metade dos pacientes nos hospitais é de outros municípios.

Se contabilizados somente os pacientes de Araraquara, a ocupação de leitos seria de 45% na UTI e de 26% na enfermaria nesta quarta-feira. Com o total de internações (Araraquara e outras cidades), a ocupação chega a 95% na UTI e 48% na enfermaria.

A porcentagem de amostras positivadas para Covid-19, que já foi de 53% em 16 de fevereiro, ficou em 11% nesta quarta. O índice não ultrapassa os 30% desde o dia 2 de março.