Implementação de ferramenta visa facilitar a entrada no mercado de trabalho

O vereador Paulo Landim (PT) indicou a proposta ao Executivo

22

Na sexta-feira (11), o vereador Paulo Landim (PT) protocolou a Indicação nº 2618/2021, que sugere ao Executivo a utilização de uma ferramenta inclusiva que facilite o acesso às vagas de emprego disponíveis diariamente no Posto de Atendimento do Trabalhador (PAT) de Araraquara. A ferramenta poderia ser implantada na forma de sítio eletrônico e/ou aplicativo, que permita a melhoria nos processos de inclusão. A medida visa reduzir as dificuldades enfrentadas por pessoas que buscam emprego, bem como evitar deslocamento no momento da pandemia de Covid-19.

No documento, o parlamentar afirma que as diversas experiências acumuladas, ao longo de mais de quatro anos de atendimentos em seu gabinete, corroboram a perspectiva de que a parcela da população mais vulnerável, exatamente aquela que mais precisa ter acesso às vagas de emprego, tem grande dificuldade de cumprir o protocolo para envio de currículos, ou seja, buscar as vagas em redes sociais, criar o arquivo do currículo em seu dispositivo, que em geral é um celular, anexá-lo ao e-mail, alimentar com as informações requeridas como o código da vaga e Número de Registro do Trabalhador (NIT), além de outras informações necessárias.

Nesse sentido, Landim acredita que “é preciso criar mecanismos mais amigáveis e adequados às pessoas socialmente mais vulneráveis, de forma que, o trabalhador ou trabalhadora, com o auxílio de alguém mais instruído do ponto de vista das tecnologias atuais, possa inserir seu currículo editável em uma plataforma e, após realizar o acesso com login e senha, essa pessoa possa verificar e se candidatar as vagas apenas com cliques simples”.

O vereador defende que a adoção dessa melhoria, já utilizada no setor privado, terceiro setor e em outras prefeituras, trará benefícios amplos, pois promoverá a ampliação da inclusão social e digital para trabalhadores e trabalhadoras com menor grau de instrução em tecnologias de uso virtual. Além disso, Landim acredita que a ação promoverá uma melhoria considerável no sistema de gestão de informações do PAT, já que os servidores responsáveis não precisarão mais selecionar manualmente os currículos que chegam por e-mail, além de poderem gerar dados importantes e de maneira eficiente sobre o perfil dos candidatos, vagas mais acessadas, nível de instrução, entre outras informações.

“Esses dados poderão subsidiar de maneira mais efetiva as políticas públicas do município, no sentido de ampliação de oportunidades em termos de cursos e outras frentes, que impactarão de maneira positiva no combate ao desemprego e a baixa qualificação profissional de parcela dos trabalhadores e trabalhadoras de nossa cidade”, defendeu Landim.