IBGE oferece 246 vagas temporárias para o Censo 2021 em Araraquara

Inscrições terminam na próxima segunda-feira (15)

47

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) encerra na próxima semana as inscrições para o processo seletivo que prevê a contratação de 246 pessoas para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021 em Araraquara.

Estão abertas 224 vagas para recenseador, 19 para agente censitário supervisor (ACS) e 3 para agente censitário municipal (ACM).

As inscrições para ACM e ACS vão até a próxima segunda-feira (15), e para recenseador, até 19 de março, no site do Cebraspe, empresa organizadora dos processos seletivos. O edital completo está disponível no link https://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente

Para concorrer a recenseador o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS é preciso ter concluído o ensino médio.

A remuneração é de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. O recenseador receberá por produtividade, de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais.

A taxa de inscrição para as funções de ACM e ACS é de R$ 39,49 e para a de recenseador, de R$ 25,77. As taxas podem ser pagas pela internet ou em qualquer banco.

As provas objetivas serão aplicadas presencialmente em 18 de abril para ACM e ACS, e no dia 25 de abril para recenseadores, seguindo os protocolos sanitários de prevenção da Covid-19.

O resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para ACM e ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE.

Censo 2021

O Censo 2021 acontece entre agosto e outubro deste ano em todo o Brasil. Cerca de 213 milhões de habitantes, em aproximadamente 71 milhões de endereços, serão visitados por mais de 180 mil recenseadores nos 5.570 municípios do país.

A pesquisa revelará, entre outras informações, as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento.

Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país.