Homenagem a Antônio Alves Inamorato

Tonhão foi proprietário da banca Alves no Jardim Primavera por mais de 30 anos

281

A vida é um sopro…

Perto de fazer 70 anos, ele nos deixou…

Antônio, Toninho, Tonhão, Tonho

Não importa por qual o nome o chamavam, Antônio Alves Inamorato sempre será lembrado por familiares e amigos, pois sempre foi uma pessoa dedicada aos pais, à esposa, aos filhos e à neta.

Nasceu em Cosmorama (SP), veio, ainda criança para Araraquara, quando o seu pai que era ferroviário foi transferido para cá. Seus pais Pedro e Aparecida tiveram muitos filhos, sendo seus irmãos Pedro, Sebastião, José, João, Mário, Divina, Benedito, Maria e Aparecida, alguns já falecidos.

Desde menino sempre trabalhou no ramo de jornais e revistas, começou na distribuidora Andrade, onde permaneceu até se aposentar, foi proprietário da banca Alves no Jardim Primavera por mais de 30 anos, onde fez muitos amigos. Outra grande paixão era o futebol, era santista e torcedor fanático da Ferroviária, não perdia um jogo, no estádio, pela TV ou rádio.

Casado com Sônia Maria, há 48 anos, teve 2 filhos: Eric Evelyn e uma netinha, Iara.

Católico pertencente à paróquia Nossa Senhora Auxiliadora da Sagrada Família, integrante do grupo “Terço dos homens” era frequentador assíduo das missas e eventos da igreja.

Uma excelente pessoa, de alma pura, que cumpriu lindamente sua missão na Terra e que deixará muita saudade e boas lembranças.