Força-tarefa vistoria comércio de sucatas no Santa Lúcia e Carmo

Após duas vistorias realizadas neste mês, a força-tarefa terá continuidade e a próxima ação está em planejamento pelos parceiros da ação

22

Com apoio da 1ª Companhia da Polícia Militar, a força-tarefa da Prefeitura, Daae e CPFL vistoriou na manhã dessa quarta-feira (18) comércios de sucatas, metais, papelão e recicláveis nos bairros Santa Lúcia e Carmo, nas regiões sudoeste e central de Araraquara.

Os agentes de controle de vetores eliminaram criadouros do mosquito Aedes aegypti e lavraram um auto de infração, em local com infestação de larvas do Aedes.

Em dois locais foram constatados alvarás precários de funcionamento e os proprietários foram orientados e intimados a regularizar a situação pelos técnicos da Sala do Empreendedor, da Secretaria Municipal do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Funcionário do Daae, que atua na rede esgotos, acompanhou a ação para averiguar o comércio ilegal de tampas de poços de visitas e grades das bocas de lobos.

A força-tarefa contou também com pessoal de relacionamento especialista da CPFL, que vistoriou os comércios com foco em possíveis furtos de materiais de transmissões de energia e orientações legais para denúncias.

Fiscais ambientais, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, orientaram os proprietários sobre a contaminação do solo causada por óleos de motores e a legalização no âmbito estadual.

Os guardas civis municipais deram suporte para a força-tarefa e conferiram de perto a possibilidade de material de cobre furtado no cemitério São Bento, ocorrência que vem diminuindo com rondas noturnas intensificadas.

Para o secretário de Cooperação em Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior, a força tarefa visa coibir furtos e a receptação ilegal.

“A ação conjunta da Prefeitura e Polícia Militar, com apoio do Daae e CPFL, fortalece o combate à criminalidade, preserva o meio ambiente e protege a saúde da população”, resume o secretário.

Após duas vistorias realizadas neste mês, a força-tarefa terá continuidade e a próxima ação está em planejamento pelos parceiros da ação.