Força-tarefa soma pelo menos 308 abordagens em bloqueios durante a terça (16)

Equipes fiscalizam cumprimento do decreto municipal que impôs medidas mais duras à quarentena

65

A força-tarefa da Prefeitura que está nas ruas fiscalizando o cumprimento do decreto municipal que impôs medidas mais restritivas à quarentena em Araraquara desde o início desta semana, realizou 308 abordagens em blitze e bloqueios realizados nesta terça-feira (16), em diferentes pontos da cidade.

Foram feitas abordagens, durante o dia, na Avenida Padre Francisco Sales Colturato (Avenida 36), em frente à Unip, sentido bairro x centro; na Avenida Bento de Abreu, próximo ao Teatro Municipal, e na Avenida Santos Dumont, no Jardimn Yolanda Opice.

No período da noite, as equipes estarão de volta à Avenida Bento de Abreu, à partir das 20 horas.

Diante do agravamento da pandemia de Covid-19 no município, com aumento acelerado dos casos, da ocupação dos leitos e dos óbitos, o decreto municipal com essas regras mais duras começou a valer no dia 15 de fevereiro, com efeitos durante os 15 dias seguintes. Essa ação foca na restrição de circulação de veículos e de munícipes pelas ruas. Somente podem circular quem trabalha em um serviço considerado essencial (como supermercados, farmácias, postos de combustíveis, entre outros) e quem for utilizar um desses serviços. As pessoas estão sendo orientadas sobre essas regras e demais medidas sanitárias que podem interromper a curva de contaminação da doença.

O secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Junior reforça que, neste primeiro momento, as pessoas estão sendo orientadas, mas a Prefeitura dispõe de dispositivos legais para multar pessoas físicas e jurídicas pelo descumprimento do decreto. No caso de circulação de pessoa física fora das regras do decreto, o valor da multa é 2 Unidades Fiscais do Município (UFM), ou R$ 120,58.