Força-tarefa realiza 273 ações de fiscalização no final de semana

Foram registrados 2 boletins de ocorrência e 4 autos de infração com fechamento do estabelecimento

29

A Secretaria Municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública divulga hoje, conforme faz semanalmente, o balanço das ações de fiscalização realizadas pela força-tarefa que envolve equipes da Guarda Civil Municipal, fiscais das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica e equipes do Procon, com apoio da PM.

De 5 a 11 de abril, foram contabilizados um total de 1.073 fiscalizações. Destas, 273 foram registradas durante o fim de semana, de 9 a 11 de abril. No total, de 5 a 11 de abril, foram realizadas 166 abordagens de pessoas físicas e foram fiscalizados os seguintes pontos:

Estabelecimentos comerciais: 786

Bares/ restaurantes/ lanchonetes/ similares: 29

Shoppings/ lojas âncoras/ Mercado Municipal/ atacadistas/ varejistas e supermercados de grande porte: 2

Academias/ condicionamento físico: 1

Clubes/ salão de festas ou eventos: 1

Construção civil/ casa de material de construção: 2

Bancos: 2

Lotéricas/ órgãos públicos: 2

Áreas de lazer/chácaras/campo de futebol:49

Residências/condomínios/repúblicas: 16

Praças/ áreas públicas: 15

Igrejas: 2

Destas ações, foram adotados os seguintes procedimentos:

Averiguações/orientação verbal: 1.044

Notificação de orientação/pessoa física: 2

Notificação de orientação/pessoa jurídica: 21

Boletim de ocorrência: 2

Auto de infração (multas): 6

Auto de infração com fechamento do estabelecimento: 4

Além destas ações, a força-tarefa continua realizando blitze e bloqueios em diferentes pontos da cidade, após as 20 horas, para fiscalizar o cumprimento do decreto municipal em vigor que restringe circulação de pessoas das 20 às 5 horas, seguindo o Plano São Paulo do Governo do Estado de São Paulo. De 5 de 11 de abril, os bloqueios totalizaram 1.763 abordagens de veículos.

A Prefeitura Municipal prorrogou, até amanhã, dia 13 de abril, as medidas de fiscalização e normas sanitárias em vigor, dispostas no decreto municipal no 12.525, de 26 de março de 2021. Dessa forma, a força-tarefa continuará atuando na fiscalização do decreto, que deve continuar sendo rigorosamente cumprido.