Empresários fazem manifestação contra o lockdown em frente da Prefeitura

Um grupo se reuniu no Paço Municipal para pedir ao prefeito que repense a medida drástica

135

Uma manifestação reuniu cerca de 50 pessoas de diversas categorias empresariais na tarde desta quinta-feira (17), em frente à Prefeitura de Araraquara, para tentar evitar que o prefeito Edinho Silva decrete um novo lockdown na cidade nos próximos dias.

O ato contou com manifestantes munidos de cartazes contendo pedidos para que se evite o lockdown. Os participantes do protesto alegam que falta uma maior fiscalização contra as festas clandestinas na cidade e da superlotação dos ônibus urbanos como forma de conter o avanço da doença.

Eles também pedem o uso de medicamentos no chamado “tratamento precoce”.

Lockdown necessário

O lockdown já era esperado pela população desde que se colocou como meta que o número de novos infectados pelo coronavírus não ultrapassasse os 20% por três dias seguidos. Com o avanço da pandemia na cidade nos últimos dias a medida mais restritiva já era aguardada.

Na manhã desta quinta-feira (17), a secretária de Saúde, Eliana Honain, declarou que o município terá um novo lockdown, pois atingiu os números necessários contidos no decreto municipal para tanto.