Em Araraquara a cepa do Reino Unido foi descartada , mas a de Manaus não

Das 16 amostras que seguiram para  o Instituto Adolfo Lutz, 12 delas foram positivadas para a variante de Manaus. A informação é da Secretaria de Estado da Saúde.

247

Em nova análise nas amostras de pacientes infectados pelo coronavírus na cidade, enviadas ao Instituto de Medicina Tropical, da USP, foi descartada a cepa do Reino Unido. Porém, das 16 amostras que seguiram para  o Instituto Adolfo Lutz, 12 delas foram positivadas para a variante de Manaus. A informação é da Secretaria de Estado da Saúde.

Nesta segunda-feira (15/2), Araraquara iniciou o lockdown, seguindo as medidas restritivas do Decreto Municipal nº 12.485 que permite o funcionamento apenas de atividades consideradas essenciais durante as próximas duas semanas.

O ponto mais polêmico do decreto é a restrição da circulação de veículos e de munícipes pelas ruas. Somente pode circular quem trabalha em serviço considerado essencial (como supermercados, farmácias, postos de combustíveis) e quem for utilizar um desses serviços.

Durante todo o dia, agentes de Trânsito estão fazendo bloqueios em alguns pontos da cidade, com abordagens de veículos. Motoristas foram questionados sobre o destino e orientados a evitar sair de casa.