Egressos da Uniara desenvolvem software que auxilia na escolha de projeto para empresas investirem

Produ√ß√£o do ‚ÄúSygSad‚ÄĚ foi realizada com a colabora√ß√£o do coordenador e de um ex-docente do PPG em Engenharia de Produ√ß√£o da universidade

48

Os egressos do Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Engenharia de Produ√ß√£o da Universidade de Araraquara ‚Äď Uniara, Jederson Donizete Zuchi, Gustavo Jos√© Ca√ßador e Fabio Ferreira Cardoso, desenvolveram, com a colabora√ß√£o do coordenador e de um ex-professor do Programa, Jos√© Lu√≠s Garcia Hermosilla e Walther Azzolini Junior, respectivamente, um software que auxilia o gestor a escolher qual projeto seria mais vantajoso para uma empresa, para que ela possa injetar recursos.

O programa tem o nome de ‚ÄúSygSad ‚Äď Sistema de apoio a projetos e sele√ß√£o de melhoria‚ÄĚ. ‚ÄúEle √© capaz de oferecer aos gestores de empresas, ou funcion√°rios que trabalham com melhoria cont√≠nua, uma forma de avaliar o atendimento √† demanda de um fluxo produtivo, al√©m de mostrar qual √© o equipamento que n√£o tem condi√ß√£o de entregar uma determinada demanda prevista – processo gargalo‚ÄĚ, explicam os ex-estudantes.

Eles mencionam que, ‚Äúuma vez identificada essa quest√£o, os respons√°veis podem imputar valores no sistema, que s√£o baseados em teorias de perdas produtivas como Overall Equipment Effectiveness – OEE e, em seguida, valorar cada uma delas, ou seja, verificar o quanto se gasta quando uma determinada perda acontece‚ÄĚ. ‚ÄúQuando esses dados j√° est√£o imputados, o sistema permite que o gestor fa√ßa simula√ß√Ķes de projetos de melhorias que podem ser poss√≠veis de lan√ßar e, dessa forma, pode avaliar se consegue aumentar a capacidade de entrega de um determinado equipamento e quanto de economia cada um desses poss√≠veis projetos poderiam gerar‚ÄĚ, destacam.

Ao executar essas simula√ß√Ķes no sistema, o gestor pode decidir qual a perda e o projeto que ser√£o atacados, de acordo com os criadores do software, ‚Äúfazendo com que se tenha mais assertividade de qual projeto apresentar√° um maior retorno, uma vez que foi simulado computacionalmente pelo software‚ÄĚ. ‚ÄúVale ressaltar que o ‚ÄėSygSad‚Äô tamb√©m foi baseado em uma disserta√ß√£o de mestrado de outro aluno da Uniara, que √© autor e membro do grupo de pesquisa que desenvolveu o software, capitaneado pelo professor Walther. Outros professores colaboraram com o seu desenvolvimento, como o professor Hermosilla, fazendo com que o conhecimento e o know how para a constru√ß√£o fosse ainda mais evidente‚ÄĚ, apontam.

Os ex-alunos contam que o processo e a implementa√ß√£o do sistema foram realizados por meio da utiliza√ß√£o da linguagem de programa√ß√£o Delphi e banco de dados Firebird. ‚ÄúVisou-se, dessa forma, que a instala√ß√£o fosse f√°cil e que o sistema estivesse na maior parte do tempo dispon√≠vel para uso. Essa conquista representa um marco em nossa carreira, uma vez que, al√©m do t√≠tulo de mestres em engenharia de software, pudemos colocar em pr√°tica todo o conhecimento adquirido, em ambiente corporativo, fazendo com que o aprendizado fosse ainda mais intenso‚ÄĚ, declaram Zuchi, Ca√ßador e Cardoso.

Hermosilla comenta que ‚Äúesse projeto materializa a ess√™ncia do Programa de Mestrado em Engenharia de Produ√ß√£o da Uniara, que √© a aplica√ß√£o de conhecimento para a solu√ß√£o de problemas reais e complexos das organiza√ß√Ķes por meio da forma√ß√£o e capacita√ß√£o das pessoas‚ÄĚ. ‚ÄúA ideia desse software partiu justamente do problema que os gestores empresariais enfrentam quando precisam decidir em qual projeto de melhoria devem alocar recursos para que seu retorno seja maximizado. Essa n√£o √© uma tarefa f√°cil. Esse projeto foi, ao mesmo tempo, desafiador e prazeroso, pois contou com alunos de diferentes √°reas e experi√™ncias, e o Programa soube consorciar essas caracter√≠sticas para tirar o seu melhor, o que resultou nessa importante conquista para todos‚ÄĚ, finaliza o coordenador.

Os interessados em adquirir o ‚ÄúSygSad‚ÄĚ podem entrar em contato pelo e-mail gustavo.cacador@efeso.com.