Edinho participa de Conferência de Saúde e destaca importância do SUS

13ª Conferência Municipal da Saúde foi realizada por plataforma online, na noite de quarta-feira (25)

39

O prefeito Edinho participou da abertura da 13ª edição da Conferência Municipal de Saúde, na noite de quarta-feira (25), e ressaltou a importância do SUS (Sistema Único de Saúde) na garantia de um Brasil mais justo e igualitário.

A conferência, que neste ano teve o tema “O SUS é nosso – Em defesa do Sistema Único de Saúde no pós-pandemia”, reuniu mais de 300 pessoas por meio de plataforma online e foi transmitida pelo YouTube da Prefeitura.

“Essa conferência ocorre em um momento muito importante, já que a pandemia está causando a maior tragédia humanitária da história do Brasil e uma das maiores tragédias de todo o mundo. Em Araraquara, nós estamos desde março de 2020 com a estrutura montada para testagem, internação, acolhimento dos pacientes. A vacinação está avançando. Superamos momentos muito difíceis fazendo o que a ciência e a medicina disseram que deveria ser feito”, disse Edinho.

“Olhando para a frente, a conferência vai nos dizer quais as diretrizes para o sistema SUS no próximo período. É um espaço de diálogo importante e fundamental. Não existirá um Brasil justo e com igualdade de oportunidades sem o SUS presente em cada região do País”, complementou o prefeito.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Haroldo Campos, agradeceu à Prefeitura pela parceria na organização da conferência. “Este conselho, desde o início, apoia os projetos inovadores que incentivam o controle social e a própria Saúde a avançar. Hoje é um dia muito importante. Saúdo a todos os presentes nesta 13ª Conferência Municipal de Saúde”, destacou.

Representando a Câmara, a vereadora Filipa Brunelli (PT) parabenizou a organização do evento. “Parabenizo vocês por realizarem uma plenária deste tamanho de forma virtual e tão bem organizada. Precisamos sempre lutar pela defesa do Sistema Único de Saúde. Quem protege a população nas horas mais terríveis, como estamos agora com a pandemia, é o SUS”, declarou.

A deputada estadual Márcia Lia (PT) também deixou sua saudação aos participantes do evento. “Neste momento de tanta dificuldade, é fundamental essa conferência para poder dialogar e incentivar a participação popular. Desejo uma boa conferência a todos”, afirmou.

Também participaram da conferência o vereador Paulo Landim (PT); a secretária de Saúde, Eliana Honain; a secretária de Direitos Humanos e Participação Popular, Amanda Vizoná; o coordenador de Avaliação e Controle da Secretaria de Saúde, Edivaldo Trindade, que fez a mediação da conferência; entre outros gestores municipais e as equipes de Saúde.

Sobre a conferência
As propostas aprovadas no evento formarão o Relatório Final da Conferência, que atuará em consonância com outros instrumentos de planejamento como o Plano Plurianual, por exemplo. Ou seja, será um norte para o Conselho Municipal de Saúde acompanhar e verificar como estão sendo realizadas as ações e funcionamento da Saúde na cidade.