Edinho assina ordem de serviço para reforma e ampliação do CER do Jardim Paulistano

CER José do Amaral Velosa receberá investimento de R$ 946 mil após pedido da população aprovado no Orçamento Participativo

17

O prefeito Edinho assinou nesta sexta-feira (27) a ordem de serviço para reforma e ampliação do CER José do Amaral Velosa, do Jardim Paulistano. As melhorias atendem pedido da população nas plenárias do Orçamento Participativo.

O investimento nas obras será de R$ 946.938,37, com execução pela empresa LG Engenharia e Construções S.J. Rio Preto Ltda. e previsão de término em 150 dias. Além da reforma geral da unidade, a ampliação contempla a construção de sala de biblioteca, sala de professores, nova sala de direção, sala de recreação, sala de apoio ao banho, novos sanitários infantis e solário.

“Este é um CER localizado em uma região muito importante para a cidade, atendendo quase 170 alunos. Será uma obra que praticamente transforma o CER José do Amaral Velosa em uma nova unidade. E tudo isso graças à confiança dos moradores da região no Orçamento Participativo. Quem decide o que é prioridade em Araraquara não é o prefeito, é a população organizada nas plenárias regionais e temáticas do OP”, afirmou o prefeito Edinho.

A secretária da Educação, Clélia Mara dos Santos, ressaltou que a unidade educacional precisava de melhorias estruturais. “É muito bacana darmos ordem de serviço a essa escola que, há muito tempo, precisava de uma obra como esta que iremos fazer. Foi uma vitória bonita no Orçamento Participativo. Espero que, daqui a alguns meses, a gente volte aqui em uma bela manhã e entregue um CER novo em folha para todos vocês”, afirmou.

O presidente da Câmara Municipal, Aluisio Boi (MDB), destacou que a unidade do Jardim Paulistano é referência e um exemplo de acolhimento aos alunos. “As crianças merecem essa qualidade. Ter uma unidade como essa, e ainda com uma recuperação total da estrutura, é um simbolismo muito grande”, destacou.

A diretora do CER José do Amaral Velosa, Edina Aparecida Barbosa São Romão, declarou que a reforma e a ampliação da unidade são resultado da união de esforços da comunidade escolar e da população. “Hoje é um misto de emoções. As obras são o nascimento de uma nova escola. Nosso agradecimento a todos que fazem parte dessa vitória.”

Juliana Delphino, que representou a comunidade escolar e o Orçamento Participativo, também fez agradecimentos. “Eu sabia que meus filhos não teriam tempo de usufruir dessa reforma, mas este CER vai beneficiar muitas gerações ainda. Fico muito feliz. Depois das obras surgirá uma outra escola maravilhosa”, disse.

Também estiveram no evento as secretárias Amanda Vizoná (Direitos Humanos e Participação Popular) e Sálua Kairuz (Desenvolvimento Urbano); o secretário de Obras e Serviços Públicos, Sérgio Pelícolla; o coordenador de Participação Popular, Anderson Morfy; o coordenador de Obras Públicas, Ernesto Velosa, que é neto do homenageado com o nome do CER; e Lucas Grande (proprietário) e Vitor Ressudi (engenheiro), representando a empresa LG Engenharia e Construções.