Edinho acompanha acolhimento à população em situação de rua

Equipes da Assistência Social estiveram na Praça Santa Cruz, na Praça do Carmo, na Praça do São José e na região do Terminal Rodoviário na noite de quinta (1º)

43
O prefeito Edinho acompanhou, na noite de quinta-feira (1º), o trabalho das equipes de Assistência Social junto à população em situação de rua na Praça Santa Cruz, na Praça do Carmo, Praça do São José e na região do Terminal Rodoviário.

As equipes distribuíram cobertores, em razão da baixa temperatura, e também buscaram convencer essas pessoas a serem atendidas pela Casa de Acolhimento Assad-Kan, no Santana, e pelos demais serviços municipais.

“São pessoas que têm suas histórias de vida, seus dramas e encontram dificuldades para os ‘recomeços’. Muitas estão, ou são, dependentes químicos. Uma cidade justa e solidária é aquela que trata todos de forma igual, sem distinção. É uma cidade que nutre a empatia. Ter uma política municipal para a população em situação de rua é lutar por uma Araraquara mais acolhedora e humana”, declarou Edinho.

Nesta semana também teve início a vacinação contra a Covid-19 na população em situação de rua de Araraquara, após o município receber doses da vacina Janssen (que necessita de apenas uma dose para a completa imunização). Esta etapa da vacinação estava prevista no PNI (Plano Nacional de Imunização).

“É uma população extremamente exposta, que corre sérios riscos de se contaminar e de contaminar outras pessoas. Com isso, a gente avança no processo de vacinação”, relatou a secretária de Saúde, Eliana Honain.

Estiveram com o prefeito na abordagem à população em situação de rua as secretárias Jacqueline Barbosa (Assistência e Desenvolvimento Social), Amanda Vizoná (Direitos Humanos e Participação Popular) e Juliana Agatte (Governo, Planejamento e Finanças); o coordenador de Proteção Social, Marcelo Mazeta; e o coordenador de Direitos Humanos, Renato Ribeiro.