‘É hora de todos estarmos unidos em nome da vida’, afirma Edinho

Prefeito de Araraquara utiliza redes sociais para pedir "lá na frente, na eleição, cada um veste a sua camisa e defende o que pensa. É democrático, é legítimo. Mas, agora, vamos parar de disseminar o ódio”

33

O enfrentamento ao novo coronavírus, causador da Covid-19, é um momento difícil e que necessita de muita união da população de Araraquara, segundo o prefeito Edinho. Em vídeo publicado nas redes sociais nesta terça-feira (14), em visita às obras do Hospital de Solidariedade, Edinho afirmou que não é hora de disputa política e de criar polêmicas.

“Não é hora de ficarmos criando fatos na cidade para alimentar a disputa política. Neste momento, é hora de colocarmos os interesses da população de Araraquara acima de quaisquer outros interesses. É hora de nós, olhando para o mundo e olhando para o Brasil, criarmos um ambiente de união na cidade”, declarou.

“É hora de criarmos um partido: o partido do povo de Araraquara. Um partido unido, independentemente de sua opção política, se você gosta ou não do meu governo. É hora de todos estarmos unidos em nome da vida. Deixe para lá as divergências. Não é hora de ficarmos disseminando o ódio. É hora de disseminarmos a união, de estarmos todos unidos em prol de Araraquara e de salvarmos vidas. Lá na frente, na eleição, cada um veste a sua camisa e defende o que pensa. É democrático, é legítimo. Mas, agora, vamos parar de disseminar o ódio”, analisou Edinho.

O boletim do Comitê de Contingência do Coronavírus divulgado nesta terça-feira (14) informou mais três casos da doença em Araraquara, passando para 31 confirmações e duas mortes.

As notificações subiram para 99, o que inclui, além dos 31 casos confirmados, outros 53 casos descartados e 15 aguardando resultados de exames. Seguem internadas 18 pessoas e uma morte ainda é investigada.

A Prefeitura já deu início ao acolhimento à população no Polo de Atendimento Estratégico do Coronavírus, na UPA da Vila Xavier. É essa unidade que recebe os araraquarenses com sintomas gripais e faz o encaminhamento para os demais hospitais da rede de saúde e aos hospitais de campanha. Um desses locais é o Hospital da Solidariedade, que terá 50 leitos e está na fase final das obras.

Grupo de risco e sintomas
Fazem parte do grupo de risco da Covid-19: idosos (acima de 60 anos), pessoas com doenças autoimunes, imunossuprimidos, gestantes, lactantes e pessoas com doenças crônicas. Entre os sintomas do novo coronavírus estão febre alta e persistente, tosse, cansaço e falta de ar.

Para a prevenção da doença, é recomendada a higienização frequente das mãos (com água e sabão ou álcool gel) e o isolamento social (prática seguida por diversos países do mundo).

Mais informações sobre o coronavírus estão disponíveis no site www.araraquara.sp.gov.br/coronavirus.