Doses da AstraZeneca aplicadas em Araraquara estavam dentro do prazo de validade

Secretária da Saúde alegou que houve um problema no sistema que registra as datas das vacinas

58

A informação que foi divulgada em matéria do jornal Folha de São Paulo que incluía Araraquara entre as 1.532 cidades que teriam aplicado doses vencidas da vacina contra a Covid-19 AstraZeneca, foi desmentida pela secretária da Saúde, Eliana Honain, na manhã desta segunda-feira (5). De acordo com a secretária, o que teria ocorrido seria um problema no sistema que registra as datas das vacinas.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde e divulgados pela Folha de São Paulo na última sexta-feira (2), cerca de 1.532 municípios teriam aplicado as doses vencidas da vacina. Em Araraquara, apenas 13 doses estariam vencidas e foram aplicadas no Sesa (7), Central Municipal de Vigilância Epidemiológica de Araraquara (2), USF Jardim Adalberto Roxo (2), USF Iedda (1) e na UPA Dr. Antônio Alonso Martinez, da Vila Xavier (1).

Dentro do prazo

Segundo a secretária, as 13 doses da AstraZeneca foram aplicadas dentro do prazo de validade. A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Município depois que as treze pessoas foram identificadas através dos cartões de vacina que contêm todos os dados referentes ao imunizante.