Diante da alta do gás, criação de ‘Vale-Gás’ é sugerida por vereador à Prefeitura

O preço do botijão de gás de 13kg é de cerca de R$ 100,00

21

A alta do preço do gás tem sido sentida pela população de Araraquara que precisa arcar com botijões de gás na casa dos R$ 100,00. A exemplo do que ocorre na esfera estadual, o vereador João Clemente (PSDB) sugere a criação, no município, do programa “Vale Gás”, para auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade. A proposta consta da Indicação nº 3431/2021, enviada à Prefeitura no dia 10 de agosto.

“As políticas públicas sociais e de ações afirmativas cumprem um singular papel em nosso País e garantem, em muitos casos, a própria sobrevivência do ser humano. Assim, a presente Indicação propõe a realização de estudos, objetivando a adesão do Município a convênios estaduais ou federais a respeito do ‘Vale-Gás’, ou a criação de programa municipal que atenda a demanda por gás de cozinha, para famílias em situação de vulnerabilidade”, explica Clemente.

Vale-Gás Estadual 

Sob a gestão do governo estadual, o programa de proteção social “Vale Gás” promove a transferência de renda para compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg), a famílias em situação de vulnerabilidade em comunidades e favelas de municípios paulistas. Com investimento total de R$ 30 milhões, o benefício pagará 3 parcelas de R$ 100,00 bimestrais, totalizando R$ 300,00 para 100 mil famílias. Para saber se você poderá contar com o benefício, acesse o site do programa (www.valegas.sp.gov.br) e informe o Número de Identificação Social (NIS).