Deputado Orlando Silva visita Araraquara e anuncia investimentos de R$ 4 milhões

“Araraquara é uma cidade muito importante para o estado e para o Brasil. É o lugar onde encaminho emendas e vejo as coisas acontecerem”, disse o ex-ministro dos Esportes e deputado federal do PCdoB

136

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) esteve em Araraquara nessa sexta-feira (23) para anunciar investimentos, através de emendas parlamentares, da ordem de R$ 4 milhões na área de Desenvolvimento Regional, além de R$ 270 mil na área da Saúde. Ele já tinha destinado ao município em 2019, cerca de R$ 5 milhões para a área de Desenvolvimento Regional e do Ministério da Cidadania.

Orlando Silva é deputado federal pelo segundo mandato, ex-ministro do Esporte no governo do ex-presidente Lula (PT) e ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). Ele também foi vereador em São Paulo e fundador da Unegro (União de Negros pela Igualdade-SP), entidade que luta por espaço público para o povo negro e pela universalidade das políticas públicas e ações afirmativas para negros e negras.

Na Câmara dos Deputados, Orlando desempenhou papéis importantes como a relatoria da Lei Geral de Proteção de Dados e atualmente é relator do Grupo de Trabalho da Lei de Combate às Fake News. Ele concedeu entrevista exclusiva ao Jornal O Imparcial, onde fala sobre o atual cenário político no Brasil e da relação com Araraquara e com o prefeito Edinho Silva (PT).

Veja a entrevista na íntegra:

O Imparcial: Quais áreas foram contempladas com a verba destinada pelo depurado para Araraquara?

Orlando: “Araraquara é uma cidade muito importante para o estado e para o Brasil. É o lugar onde encaminho emendas e vejo as coisas acontecerem. Aqui tem projeto eficiente de execução orçamentária e projetos para o povo. De 2019 para cá foram investidos cerca de R$ 5 milhões em Infraestrutura Urbana, em asfalto, que atenderam bairros como a Vila Xavier e o Selmi Dei. Este ano estamos mobilizando mais R$ 4 milhões também para pavimentação, recape e galerias. Ainda, colocamos recursos no Esporte e na Saúde, além de fazermos uma parceria para compra de equipamentos para o Centro de Reabilitação Eduardo Lauand”.

O Imparcial: A parceria do deputado Orlando Silva com Araraquara e com o prefeito Edinho Silva já é antiga. Essa parceria deu origem à construção da Arena da Fonte. Fale um pouco sobre essa relação.

Orlando: “Quando fui ministro do Esporte no governo Lula, o prefeito na ocasião era o Edinho Silva. Ele me trouxe uma proposta de revitalização e modernização de praças esportivas, destacadamente a Fonte Luminosa. Como disse antes, a gestão do Edinho tem muita capacidade de execução. Houve parcerias importantes para beneficiar a cidade e seus moradores”.

O Imparcial: Qual é a importância do PCdoB ter conseguido eleger um vereador em Araraquara pela primeira vez?

Orlando: “Muito, muito… Conheço o Mauro Bianco há muitos anos, desde os tempos da UNE. A eleição do Guilherme Bianco foi uma alegria imensa. Tenho certeza que o Biancão faz e fará um grande mandato”.

O Imparcial: Como o deputado vê a condução do combate à pandemia do coronavírus pelo governo federal?

Orlando: “Ha três situações muito importantes. A primeira é o papel do governo federal nessa situação. Um governo incompetente, negacionista e com sinais evidentes de corrupção. Isso teve como resultado essa tragédia enorme de mais de meio milhão de mortos. Jair Bolsonaro é o responsável por essa tragédia. A segunda é o papel do governador João Doria. Apesar de ser oposição ao governo estadual, reconheço o empenho e o acerto de Dória na condução geral do enfrentamento à pandemia. Se temos vacina hoje é porque Dória peitou e foi atrás. Por fim, o papel de Edinho Silva. Edinho foi um prefeito corajoso. Enfrentou a pandemia com determinação e acertou muito na sua condução. Apesar da atitude errada e inconcebível de alguns bolsonaristas na cidade”.

O Imparcial: Que impactos o deputado acredita que serão gerados nas próximas gerações com os mais de 130 mil órfãos da Covid-19?

Orlando: “Vivemos uma tragédia de enormes proporções. É preciso unir o povo, as instituições públicas e privadas para superar essa situação de crise”.

O Imparcial: O deputado é relator do grupo de trabalho de combate às fakenews. Quais os avanços no trabalho? E o que esperar de resultado dessas investigações?

Orlando: “As fake news fazem parte dessa realidade contemporânea. É preciso ter regulamentação, instrumentos jurídicos modernos e eficientes para enfrentar esse mal. É nisso que estamos trabalhando. E espero que o STF cumpra seu papel de guardião da Constituição e faça valer a legalidade sobre as arbitrariedades cometidas”.

O Imparcial: Qual é o papel da Unegro no Brasil? Como o senhor vê hoje o combate ao racismo e ao preconceito em geral no país?

Orlando: “Sou negro da periferia do Brasil. Nasci em Salvador e vivi todas as contradições desse ambiente violento e injusto. Por exemplo, entre os 70 parlamentares federais de São Paulo, apenas dois são autodeclarados negros. Eu sou um deles. É preciso ter força para mudar essa situação. Enfrentamos tudo isso com altivez e vontade de transformar a sociedade”, finalizou o deputado.