Dentista de Araraquara é acusado de abusar de duas irmãs adolescentes

As duas meninas de 13 e 16 anos seriam vítimas dos abusos sexuais cometidos por um primo da mãe delas há alguns anos

554

De acordo com o relato da mãe à polícia, a sua filha mais velha a teria procurado para contar que era abusada sexualmente pelo dentista desde que ela tinha apenas 8 anos. Ela contou que o acusado sempre levava as suas filhas para passear e, geralmente, ia até uma padaria onde tomavam um lanche e depois seguiam para uma chácara ou para o consultório dele, onde os abusos eram cometidos.

De acordo com o relato da vítima, o dentista deixava o irmão da vítima, de 12 anos, e sua irmã, de 13 anos, no carro enquanto levava a irmã mais velha para um quarto onde praticava sexo oral nela, além de tentar penetrá-la. Para tentar fazer a vítima ficar em silêncio, o acusado dava R$ 50,00 para ela.

A mãe da menina relatou à polícia que ficou sabendo dos abusos neste final de semana, com o relato dos filhos. O caso foi registrado em boletim de ocorrência e será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Foto: Ilustrativa