Cursos da Uniara são avaliados com nota 4 no Enade

Resultado é referente à prova aplicada em 2019

73

Os cursos de Biomedicina, Estética e Cosmética, Educação Física (bacharelado), Enfermagem, Farmácia e Odontologia da Universidade de Araraquara – Uniara foram avaliados com nota 4, em escala que vai até 5, no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – Enade. O resultado final – Conceito Preliminar de Curso – CPC -, referente à prova aplicada em novembro de 2019, pode ser conferido no endereçohttp://emec.mec.gov.br.

“Fiquei muito feliz com o resultado e aproveito para agradecer a todos os envolvidos: à direção da Uniara, por confiar no nosso trabalho; aos docentes, pela dedicação, e especialmente aos alunos. Hoje em dia, é muito difícil conseguir o comprometimento e a dedicação do estudante na realização dessa avaliação, visto que muitos acham que esse compromisso é somente da escola. Mas graças a um trabalho de conscientização feito pela coordenação e pelos docentes, conseguimos um compromisso maior dos graduandos e bons resultados nos últimos anos, o que mostra verdadeiramente a qualidade da formação dos nossos alunos”, declara o coordenador do curso de Biomedicina, Orivaldo Pereira Ramos.

A coordenadora de Estética e Cosmética, Carla Cabrini Mauro, não esconde sua alegria pela conquista. “Estou bastante satisfeita com a nota, visto que os estudantes foram estimulados sobre a importância do Enade com um ano de antecedência. Tudo o que é pedido no Exame, temos na matriz curricular”, destaca.

O coordenador do curso de Educação Física, Maurício Tadeu Frajácomo, o Piscinão, comenta que “nossa nota 4 é fruto de um trabalho em equipe e comprometimento de todo o corpo docente e da coordenação em formar profissionais competentes para enfrentarem o mercado de trabalho”. “Isso se reflete no Enade, nos concursos públicos prestados pelos nossos egressos e também nos programas de pós-graduação – mestrado e doutorado – nos quais nossos alunos são aprovados”, diz.

A coordenadora de Enfermagem, Creusa Aparecida Meirelles, explica que a nota divulgada leva em consideração o desempenho dos estudantes na prova teórica. “São avaliados o rendimento dos concluintes do curso em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares, o desenvolvimento das competências e as habilidades necessárias para o aprofundamento geral e específico, e o nível de atualização dos alunos em relação à realidade brasileira e mundial”, detalha.

Em sua visão, o indicador é importante como referência para trabalho, avaliação e melhoria das competências, “então, a graduação deve ter como propósito oferecer uma educação de excelência e trabalhar sempre no sentido de se tornar cada vez melhor, de modo a entregar profissionais de qualidade ao mercado de trabalho”. “Isso implica formar alunos íntegros, com bons conhecimentos na sua área de atuação”, aponta.

“É uma graduação consolidada e que já existe há doze anos. Nós, enquanto docentes, tentamos ao máximo manter a qualidade porque estamos cuidando de vidas. Deve-se destacar também a qualidade do corpo docente que, em sua maioria, tem formação de mestrado e doutorado. Agradeço aos acadêmicos que fizeram o Enade e aos professores, que exercem suas atividades com muita dedicação e competência”, entusiasma-se Creusa.

A coordenadora de Farmácia, Thalita Pedroni Formariz, coloca que a nota é um reflexo da dedicação de todos. “Isso obviamente mostra a qualidade do curso e da nossa escola, e que estamos preocupados com a educação. Parabenizo os estudantes pela dedicação e o empenho, e os docentes, dirigentes e funcionários, pois precisamos de uma equipe para fazermos a diferença”, comenta.

Para o coordenador da graduação de Odontologia, Welingtom Dinelli, “a nota 4 obtida no Enade é muito significativa para o curso e, consequentemente, para a Uniara”. “Essa nota é a expressão da qualidade e reflete também o comprometimento de todos nós, que militamos na universidade. Trabalhamos com seriedade e dedicação, e visamos a oferecer aos alunos o melhor, ou seja, o profundo conhecimento da Odontologia para que o egresso possa exercer a profissão com habilidade e segurança”, finaliza.