Curso de Marchetaria começa terça-feira (14) e ainda tem vagas

Marchetaria é uma técnica de construção de peças através do encaixe de fragmentos de madeira; curso tem estrutura, material e instrumentos gratuitos

36

Na próxima terça-feira, 14 de setembro, tem início um curso de Marcheteria, oferecido pela Coordenadoria de Acervos e Patrimônio Histórico por meio do projeto “Artesanato do Patrimônio AQA”. Ainda há vagas e os interessados podem se inscrever até segunda-feira (13).

Marchetaria é uma técnica de construção de peças, para usos diversos e decorativos, através do encaixe de fragmentos de madeira. O curso acontece gratuitamente de 14 a 17 de setembro, das 8 às 17h, no Museu Ferroviário e o Sebrae e Senar oferecem toda a estrutura, material e instrumentos.

São 20 vagas, sendo que a preferência é para artesãos formalizados ou com registro na Sutaco (Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades do Estado de S. Paulo).

O projeto “Artesanato do Patrimônio AQA” tem como objetivo formar artesãos por meio de técnicas e conceitos que abordem o artesanato como identidade cultural, bem como patrimônio cultural, com programação gratuita. O coordenador de Acervos e Patrimônio Histórico, Weber Fonseca, conta que o projeto visa oferecer formação em cursos livres e rápidos sobre técnicas de artesanato que priorizem o uso de materiais recicláveis, de baixo custo e matéria prima acessível e, por vezes, caraterística da região, como por exemplo: o bagaço da cana, a palha de milho e a cabaça.

Vale destacar que o projeto “Artesanato do Patrimônio AQA” é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura /Fundart, Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e Sindicato Rural de Araraquara.