CPFL Paulista alerta população para os cuidados com a rede elétrica durante reformas

Acidentes fatais envolvendo construção civil e reforma predial nas proximidades com a rede elétrica aumentaram 31% em 2020, comparado a 2019

32

Um levantamento anual realizado pela CPFL Energia em toda a sua área de atuação, que inclui suas quatro distribuidoras (CPFL Paulista, CPFL Piratininga, CPFL Santa Cruz e RGE), aponta um aumento de 31% no número de acidentes fatais com reformas e serviços realizados em ambiente residencial e comercial em 2020, comparado ao ano anterior.

Entre janeiro e dezembro de 2020, foram registrados 70 acidentes, sendo 25 deles fatais – durante execução de podas de árvores ou serviços de construção e acabamento, pintura de fachadas e colocação de calhas, nas cidades sob concessão das distribuidoras do grupo. No mesmo período, em 2019, o número foi de 68 acidentes, sendo 19 deles fatais.

Considerando apenas as cidades atendidas pela CPFL Paulista, em 2020, o número chegou a 33 contra 23 em 2019, crescimento de 43%. As fatalidades saltaram 57% entre os dois anos.

A boa notícia é que, no comparativo entre os três primeiros meses de 2021 com o trimestre anterior, o número total de acidentes nas quatro distribuidoras do grupo caiu 55% (de 22 para 9) e 87% em relação aos fatais (7 para 1).

“O cenário demonstra que o isolamento social contribuiu para um aumento dos casos de acidentes em ambientes domésticos e pequenos comércios, quando a manutenção é feita pelos proprietários. A falta de planejamento e atenção com equipamentos de proteção individual e coletiva, e a falsa ilusão de que nada mais sério pode acontecer são alguns fatores que podem causar os acidentes que, em casos mais graves, levam à morte”, afirma Marcos Victor Lopes, gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia.

Serviços como pequenas reformas, pintura, colocação de calhas, poda de árvores no jardim ou nas calçadas, instalação de painéis luminosos, entre outras atividades, precisam ser planejados com cuidado e atenção quanto às medidas de segurança a serem tomadas.

Por meio da campanha Guardião da Vida, a CPFL Energia e as concessionárias do grupo mantêm um trabalho permanente de orientação à população. “Oferecemos dicas sobre os cuidados que devem ser levados em consideração ao executar qualquer trabalho que exija proximidade com a rede elétrica, ou mesmo no dia a dia, no uso de aparelhos eletrodomésticos ou em uma simples troca de lâmpadas”, explica Lopes.

Guardião da Vida. Além de programas de treinamento, palestras, distribuição de material informativo, alertas nas contas de consumo de energia, informações e dicas disponibilizadas no site da campanha Guardião da Vida (https://guardiaodavida.com.br/), a CPFL Paulista alerta para os riscos que a rede oferece, quando não existe planejamento cuidadoso do trabalho a ser executado

Confira, a seguir, dez dicas da CPFL Paulista para evitar riscos de choque elétrico:

  1. Ao manusear materiais metálicos, ao construir ou reformar lajes e telhados ou trocar antenas, mantenha distância da rede elétrica e avise a distribuidora de energia sobre o trabalho em fachadas, antes de iniciar a atividade;
  2. Ao fazer reformas, construções, pintar, ou instalar painéis e luminosos, instale andaimes a uma distância segura da rede de eletricidade;
  3. Nunca faça a ligação direta ou clandestina do painel luminoso ou de alguma ferramenta com a rede elétrica. O risco de curto-circuito ou choque elétrico é altíssimo;
  4. Instale antenas ou faça seu manuseio sempre longe da rede elétrica e somente o com tempo bom, sem temporal;
  5. Jamais faça podas quando a árvore estiver muito próxima da rede elétrica ou quando os galhos estiverem tocando nos fios. Avise sempre a distribuidora de energia;
  6. Em dias de chuva, temporais e fortes ventanias, é comum que galhos de árvores interfiram na rede elétrica, provocando “faiscamento”. Nestes casos, se houver interrupção no fornecimento de energia, ou curto-circuito na rede o cliente deve utilizar o serviço Falta de Energia para comunicar a situação;
  7. Nunca use aparelhos elétricos em locais com água ou umidade, com as mãos ou os pés molhados e nunca deixe nenhum eletrodoméstico sobre a pia, especialmente quando estiverem ligados na tomada;
  8. Ao trocar uma lâmpada ou mudar a chave (verão/inverno – fria/morna/quente) do chuveiro, certifique-se de que ambos estão desligados, e desligue sempre a chave geral quando precisar fazer qualquer reparo na instalação;
  9. Não use benjamim para ligar mais aparelhos e coloque proteção nas tomadas para evitar o manuseio das crianças. Não realize ligações de tomadas, disjuntores ou faça qualquer adaptação na instalação sem ajuda profissional;
  10. Se não estiver usando ou em dias de temporal, desligue os aparelhos eletrônicos das tomadas e contrate um profissional eletricista para revisar toda a fiação da sua casa a cada cinco anos como precaução.

Segurança da população

Por meio da campanha Guardião da Vida, a CPFL prioriza a segurança com a população e traz dicas de conscientização constantemente para evitar acidentes com a rede elétrica. Entre os assuntos, estão os perigos de brincadeiras com pipas próximo às subestações e às redes elétricas. A CPFL reforça que as pessoas nunca busquem as pipas caídas em locais com equipamentos de energia, que podem causar acidentes e até morte. Confira essa e outras dicas em: https://guardiaodavida.com.br/